Luis Miguel    

POMBINHA QUERIDA

Letras Luis Miguel / POMBINHA QUERIDA

POMBINHA QUERIDA

Luis Miguel

Nossa tradução tem mais linhas que a
versão original, ajude-nos a sincronizar.=) fechar

Paloma Querida

Por el dia que llegaste a mi vida
Paloma querida me puse a brindar
y al sentirme un poquito tomado
Pensando en tus labios me dio por cantar

Me senti superior a cualquiera
Y un puño de estrellas te quise bajar
Pero al ver que ninguna alcanzaba
Me dio tanta rabia que quise llorar

Yo no se lo que valga mi vida
Pero yo te la quiero entregar
Yo no se si tu amor la reciba
Pero yo te la vengo a dejar

Me encontraste en un negro camino
Como un peregrino sin rumbo y sin fe
Y la luz de tus ojos divinos
Cambiaron mis penas por dicha y placer

Desde entonces yo siento quererte
Con todas las fuerzas que el alma me da
Desde entonces, paloma querida,
Mi pecho he cambiado por un palomar

Yo no se lo que valga mi vida
Pero yo te la quiero entregar
Yo no se si tu amor la reciba
Pero yo te la vengo a dejar

POMBINHA QUERIDA

Pelo dia, que chegastes a minha vida
Pombinha querida, estou a brindar
E ao me sentir, um pouquinho tomado
Pensando em seus lábios
Pus-me a cantar

Me senti, superior a qualquer um
E um punhado de estrelas, quis baixar para ti
Mas ao ver, que nenhuma alcançava
Meu deu tanta raiva, que quis foi chorar

Eu não sei, o que vale a minha alma
Mas eu a quero te entregar
Eu não sei, se o seu amor a receberá
Mas eu, a venho te deixar

Me encontrastes, num triste caminho
Como um peregrino, sem rumo e sem fé
E a luz, de teus olhos divinos
Trocaram minhas penas, por sorte e prazer

Desde então, eu sinto que te quero
Com todas as forças, que a minha alma me dá
Desde então, pombinha querida
Meu peito se transformou, num ninho de pombos

Eu não sei, o que vale a minha alma
Mas eu a quero te entregar
Eu não sei, se o seu amor a receberá
Mas eu, a venho te deixar...


Luis Miguel

POMBINHA QUERIDA

Luis Miguel

POMBINHA QUERIDA

Nossa tradução tem mais linhas que a
versão original, ajude-nos a sincronizar.=) fechar

Paloma Querida

Por el dia que llegaste a mi vida
Paloma querida me puse a brindar
y al sentirme un poquito tomado
Pensando en tus labios me dio por cantar

Me senti superior a cualquiera
Y un puño de estrellas te quise bajar
Pero al ver que ninguna alcanzaba
Me dio tanta rabia que quise llorar

Yo no se lo que valga mi vida
Pero yo te la quiero entregar
Yo no se si tu amor la reciba
Pero yo te la vengo a dejar

Me encontraste en un negro camino
Como un peregrino sin rumbo y sin fe
Y la luz de tus ojos divinos
Cambiaron mis penas por dicha y placer

Desde entonces yo siento quererte
Con todas las fuerzas que el alma me da
Desde entonces, paloma querida,
Mi pecho he cambiado por un palomar

Yo no se lo que valga mi vida
Pero yo te la quiero entregar
Yo no se si tu amor la reciba
Pero yo te la vengo a dejar

POMBINHA QUERIDA

Pelo dia, que chegastes a minha vida
Pombinha querida, estou a brindar
E ao me sentir, um pouquinho tomado
Pensando em seus lábios
Pus-me a cantar

Me senti, superior a qualquer um
E um punhado de estrelas, quis baixar para ti
Mas ao ver, que nenhuma alcançava
Meu deu tanta raiva, que quis foi chorar

Eu não sei, o que vale a minha alma
Mas eu a quero te entregar
Eu não sei, se o seu amor a receberá
Mas eu, a venho te deixar

Me encontrastes, num triste caminho
Como um peregrino, sem rumo e sem fé
E a luz, de teus olhos divinos
Trocaram minhas penas, por sorte e prazer

Desde então, eu sinto que te quero
Com todas as forças, que a minha alma me dá
Desde então, pombinha querida
Meu peito se transformou, num ninho de pombos

Eu não sei, o que vale a minha alma
Mas eu a quero te entregar
Eu não sei, se o seu amor a receberá
Mas eu, a venho te deixar...