Luis Miguel    

EM FRENTE A LAREIRA

Letras Luis Miguel / EM FRENTE A LAREIRA

EM FRENTE A LAREIRA

Luis Miguel

Frente A La Chimenea

Frente a la chimenea
Nos vamos a enamorar
Oyendo villancicos
Mientras comienza a nevar

Luego en la Noche Buena
Abrazados tú y yo
Veremos las estrellas
Compartiendo una ilusión

La ternura que hay en ti
Me acaricia
Y al final podré vivir
La más bella Navidad

Frente a la chimenea
Contemplándonos los dos
Haremos la promesa
De nunca decir adios

La ternura que hay en ti
Me acariciará
Ya al final podré vivir
La más bella Navidad

Frente a la chimenea
Contemplándonos los dos
Haremos la promesa
De nunca decir adiós

EM FRENTE A LAREIRA

Em frente à lareira
Vamos namorar
Ouvindo cantigas
Enquanto começa a nevar

Logo na noite mágica
Abraçados, você e eu
Veremos as estrelas
Compartilhando uma ilusão

A ternura que há em você
Me acaricia
E no fim poderemos viver
O mais belo natal

Em frente à lareira
Contemplaremos nós dois
Faremos a promessa
De nunca dizer adeus

A ternura que há em você
Me acaricia
E no fim poderemos viver
O mais belo natal

Em frente à lareira
Contemplaremos você e eu
Faremos a promessa
De nunca dizer adeus...


Luis Miguel

EM FRENTE A LAREIRA

Luis Miguel

EM FRENTE A LAREIRA

Frente A La Chimenea

Frente a la chimenea
Nos vamos a enamorar
Oyendo villancicos
Mientras comienza a nevar

Luego en la Noche Buena
Abrazados tú y yo
Veremos las estrellas
Compartiendo una ilusión

La ternura que hay en ti
Me acaricia
Y al final podré vivir
La más bella Navidad

Frente a la chimenea
Contemplándonos los dos
Haremos la promesa
De nunca decir adios

La ternura que hay en ti
Me acariciará
Ya al final podré vivir
La más bella Navidad

Frente a la chimenea
Contemplándonos los dos
Haremos la promesa
De nunca decir adiós

EM FRENTE A LAREIRA

Em frente à lareira
Vamos namorar
Ouvindo cantigas
Enquanto começa a nevar

Logo na noite mágica
Abraçados, você e eu
Veremos as estrelas
Compartilhando uma ilusão

A ternura que há em você
Me acaricia
E no fim poderemos viver
O mais belo natal

Em frente à lareira
Contemplaremos nós dois
Faremos a promessa
De nunca dizer adeus

A ternura que há em você
Me acaricia
E no fim poderemos viver
O mais belo natal

Em frente à lareira
Contemplaremos você e eu
Faremos a promessa
De nunca dizer adeus...