Lobão    

Sem Sono

Letras Lobão / Sem Sono

Sem Sono

Lobão

Em qualquer tom
Em qualquer outro lugar
Em que eu possa cantar
Uma canção de dormir
A chuva cai
Tào devagar na manhà
Que as coisas de ontem serão
As coisas da noite a seguir
E a hora é a mesma
A mesma e sempre absurda
Que sendo pressa ou vagar
A hora é o mesmo lugar
Estando aqui
A relembrar o porvir
Não ouço a chuva cair
Nem o vento frio a soprar
São tantos sons
Pela manhã a lembrar
Como a noite ainda está
Tão acordada em mim
Com um assovio a entoar
Uma canção de dormir


Lobão

Sem Sono

Lobão

Sem Sono

Em qualquer tom
Em qualquer outro lugar
Em que eu possa cantar
Uma canção de dormir
A chuva cai
Tào devagar na manhà
Que as coisas de ontem serão
As coisas da noite a seguir
E a hora é a mesma
A mesma e sempre absurda
Que sendo pressa ou vagar
A hora é o mesmo lugar
Estando aqui
A relembrar o porvir
Não ouço a chuva cair
Nem o vento frio a soprar
São tantos sons
Pela manhã a lembrar
Como a noite ainda está
Tão acordada em mim
Com um assovio a entoar
Uma canção de dormir