Lobão    

Robô, Roboa

Letras Lobão / Robô, Roboa

Robô, Roboa

Lobão

De repente, você reapareceu
Está misto dilerente de
Quando eu conheci
Seu cabelo, seu modelo
O cigarro,o automóvel
E tudo mais, e tudo mais
Já não é nem mais a sombra
Da menina embaraçada
Na saia da mamãe
Você é um desafio
Mais que isso, um desatino
Sua voz me alucina
Seu olhar me contamina
Suas mãos quando me tocam
Me pertubam, me provocam
Me pertubam, me provocam
Não me esqueça amanhã
De manhã, vou te acordar
E trazer um bom café
Um bom café, um bom café
É que eu sou o seu robô
E você minha roboa
É que eu sou o seu robô
E você minha roboa


Lobão

Robô, Roboa

Lobão

Robô, Roboa

De repente, você reapareceu
Está misto dilerente de
Quando eu conheci
Seu cabelo, seu modelo
O cigarro,o automóvel
E tudo mais, e tudo mais
Já não é nem mais a sombra
Da menina embaraçada
Na saia da mamãe
Você é um desafio
Mais que isso, um desatino
Sua voz me alucina
Seu olhar me contamina
Suas mãos quando me tocam
Me pertubam, me provocam
Me pertubam, me provocam
Não me esqueça amanhã
De manhã, vou te acordar
E trazer um bom café
Um bom café, um bom café
É que eu sou o seu robô
E você minha roboa
É que eu sou o seu robô
E você minha roboa