Lobão    

Nostalgia Da Modernidade

Letras Lobão / Nostalgia Da Modernidade

Nostalgia Da Modernidade

Lobão

Aurora...
Ninguém mais chora por mim
Mas chorar por mim é coisa do futuro
Eu juro, que ao orvalho cair
Vou lembrar daquele meu presentimento de outrora
E agora, nosso momento...
O meu tamborim silenciou
Uma lágrima triste se petrificou
Dentro do peito de alguém que jamais chorou
Uma lágrima triste se petrificou
Dentro do peito de alguém que jamais chorou
Nem lembrança nem saudade
Nostalgia da modernidade
O enredo atravessou
Mas o samba nào calou
Semeando a liberdade
Aurora...


Lobão

Nostalgia Da Modernidade

Lobão

Nostalgia Da Modernidade

Aurora...
Ninguém mais chora por mim
Mas chorar por mim é coisa do futuro
Eu juro, que ao orvalho cair
Vou lembrar daquele meu presentimento de outrora
E agora, nosso momento...
O meu tamborim silenciou
Uma lágrima triste se petrificou
Dentro do peito de alguém que jamais chorou
Uma lágrima triste se petrificou
Dentro do peito de alguém que jamais chorou
Nem lembrança nem saudade
Nostalgia da modernidade
O enredo atravessou
Mas o samba nào calou
Semeando a liberdade
Aurora...