Lobão    

Agora É Tarde

Letras Lobão / Agora É Tarde

Agora É Tarde

Lobão

Agora é tarde...

Até que ponto que cheguei
Até que ponto que você me deixou
Até que ponto você mentiu
Até que ponto que você brincou

Isso sem contar o tempo que eu tentei
Falar contigo numa boa, sem brigar
E vem você me enlouquecendo lentamente
Tentando ignorar

A tua secretaria me jurou de pé juntinho
que você tava do lado numa reunião
E o outro idiota me atendeu o telefone
Dizendo que você só volta no outro verão

E de madrugada lá no Guanabara
Quando der repente a se esbarrou
Eu procurei olhar na tua cara
Mais você amarelou!

Pois agora é tarde
Quem mandou ficar botando banca
Assim se achando
Eu bem que te avisei, mas você não escutou
(2v)

Agora é você que fica andando pelos cantos
Todo aí traumatizada sempre que me vê
Só de ouvir falar, troca de calçada
Muda de assunto,começa a se benzer

Há muito tempo que eu já lhe digo
Toma jeito,toma jeito, vamo conversar
Que o fantasma aqui sou eu, rapá
Se for pra horrorizar

Pois agora é tarde
Quem mandou ficar botando banca
Assim se achando
Eu bem que te avisei, mas você não escutou
(2v)


Lobão

Agora É Tarde

Lobão

Agora É Tarde

Agora é tarde...

Até que ponto que cheguei
Até que ponto que você me deixou
Até que ponto você mentiu
Até que ponto que você brincou

Isso sem contar o tempo que eu tentei
Falar contigo numa boa, sem brigar
E vem você me enlouquecendo lentamente
Tentando ignorar

A tua secretaria me jurou de pé juntinho
que você tava do lado numa reunião
E o outro idiota me atendeu o telefone
Dizendo que você só volta no outro verão

E de madrugada lá no Guanabara
Quando der repente a se esbarrou
Eu procurei olhar na tua cara
Mais você amarelou!

Pois agora é tarde
Quem mandou ficar botando banca
Assim se achando
Eu bem que te avisei, mas você não escutou
(2v)

Agora é você que fica andando pelos cantos
Todo aí traumatizada sempre que me vê
Só de ouvir falar, troca de calçada
Muda de assunto,começa a se benzer

Há muito tempo que eu já lhe digo
Toma jeito,toma jeito, vamo conversar
Que o fantasma aqui sou eu, rapá
Se for pra horrorizar

Pois agora é tarde
Quem mandou ficar botando banca
Assim se achando
Eu bem que te avisei, mas você não escutou
(2v)