Limão Com Mel    

Necessidade

Letras Limão Com Mel / Necessidade

Necessidade

Limão Com Mel

Beijar tua boca
É a minha aventura
Voar pelos ventos do seu bem-querer
Beijar tua boca
É perder a inocência
Beijar tua boca é jogar e perder
Por isso entenda que eu te preciso
Que sem tua boca eu posso enlouquecer
E mesmo sabendo o quanto me custa
Ter o sentimento jogado aos teus pés
É é minha paixão que me leva à loucura
Que te traz pra mim quando eu tento esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade (VOCALIZAÇÃO)

Beijar tua boca é voar no infinito
Não fazer perguntas nem saber por quê
Beijar tua boca é a dor e o remédio
Que cura esse medo de nunca te ver
Por isso é que guardo teu beijo comigo
Que te traz pra mim quando eu tento esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade
Beijar sua boca é simplesmente tudo
Que está dentro de mim
Por isso que eu esqueço de te esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade


Limão Com Mel

Necessidade

Limão Com Mel

Necessidade

Beijar tua boca
É a minha aventura
Voar pelos ventos do seu bem-querer
Beijar tua boca
É perder a inocência
Beijar tua boca é jogar e perder
Por isso entenda que eu te preciso
Que sem tua boca eu posso enlouquecer
E mesmo sabendo o quanto me custa
Ter o sentimento jogado aos teus pés
É é minha paixão que me leva à loucura
Que te traz pra mim quando eu tento esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade (VOCALIZAÇÃO)

Beijar tua boca é voar no infinito
Não fazer perguntas nem saber por quê
Beijar tua boca é a dor e o remédio
Que cura esse medo de nunca te ver
Por isso é que guardo teu beijo comigo
Que te traz pra mim quando eu tento esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade
Beijar sua boca é simplesmente tudo
Que está dentro de mim
Por isso que eu esqueço de te esquecer
Maldito o tempo que se acaba
Quando estou contigo
Maldito, Maldito, o tempo
Que não estás
Maldito o tempo que te esconde
Quando eu te preciso
E que seja bendita essa necessidade
E que seja bendita essa necessidade