Limão Com Mel    

Forró do Coladão

Letras Limão Com Mel / Forró do Coladão

Forró do Coladão

Limão Com Mel

Ele é endinheirado, só anda de carro novo
Bem vestido e bem vistoso, e não perde um forró
Ele só anda sozinho, nunca vi de braço dado
Tem um papo enrolado, conversa muita besteira
Diz que é bom de gafinhneira, forró, xote e bandeirão
Descola cola colada, não arranja namorada esse tal de coladão
(Refrão)
Esse aí é o coladão, sempre no carrinho de mão
No namoro da desprezo, na cabeça só tem queixo
Na boca nunca deu beijo, só come pasta de dente
E a gente que não faz gente adotou a solidão
Descola cola colada, super-bonder endiabrado descola desse cristão
(Bis)

De novo passa batido na festa todo animado
E nem uma namorada para ele deixar em casa
Esse rapaz lá em casa é infeliz no amor
Tem cantor, compositor, em doutor tem engenheiro
Tem padeiro e tem doceiro, tem muitos comerciantes
Mesmo cheio de brilhantes só vive na solidão
Descola cola colada, não arranja namorada esse tal de coladão

(Refrão 2x)


Limão Com Mel

Forró do Coladão

Limão Com Mel

Forró do Coladão

Ele é endinheirado, só anda de carro novo
Bem vestido e bem vistoso, e não perde um forró
Ele só anda sozinho, nunca vi de braço dado
Tem um papo enrolado, conversa muita besteira
Diz que é bom de gafinhneira, forró, xote e bandeirão
Descola cola colada, não arranja namorada esse tal de coladão
(Refrão)
Esse aí é o coladão, sempre no carrinho de mão
No namoro da desprezo, na cabeça só tem queixo
Na boca nunca deu beijo, só come pasta de dente
E a gente que não faz gente adotou a solidão
Descola cola colada, super-bonder endiabrado descola desse cristão
(Bis)

De novo passa batido na festa todo animado
E nem uma namorada para ele deixar em casa
Esse rapaz lá em casa é infeliz no amor
Tem cantor, compositor, em doutor tem engenheiro
Tem padeiro e tem doceiro, tem muitos comerciantes
Mesmo cheio de brilhantes só vive na solidão
Descola cola colada, não arranja namorada esse tal de coladão

(Refrão 2x)