Leoni    

Na Sala de Espera do Paraíso

Letras Leoni / Na Sala de Espera do Paraíso

Na Sala de Espera do Paraíso

Leoni

Ontem quando eles passaram
Pelo seu bairro
Te acharam muito mais sério
E bem mais magro
Enquanto as noites de fogo
Mostravam os dentes
E os edifícios e os trens
Vomitavam gente
Você celebrava com os seus amigos
Na sala de espera do paraíso

Do interior do seu carro
A noite desfila
Seus muitos sonhos blindados
Pelas avenidas
Quando Beethoven te chama
Do celular
Você atende irritado
E pra se livrar
Combina encontrar às quinze pras cinco
Na sala de espera do paraíso

Lá fora o som dos cachorros
Virando o lixo
Eu sei que amores modernos
Têm novos ritos
Uma tiara de ouro
Na cabeceira
Brincos e anéis de brilhantes
Em cima da mesa
E deve deixar sapato e vestido
Na sala de espera do paraíso
E deve deixar sapato e vestido
Na sala de espera do paraíso

Uma mulher quase nua
Na sua cama
Vai preparar mais um drinque
Chamado "Fama"
Servido em copo pequeno
Preto e dourado
Enquanto o liquido escuro
Desce gelado
Escuto os cachorros virando o lixo
Na sala de espera do paraíso

Escuto os cachorros virando o lixo
Na sala de espera do paraíso
Você celebrava com os seus amigos
Na sala de espera do paraíso


Leoni

Na Sala de Espera do Paraíso

Leoni

Na Sala de Espera do Paraíso

Ontem quando eles passaram
Pelo seu bairro
Te acharam muito mais sério
E bem mais magro
Enquanto as noites de fogo
Mostravam os dentes
E os edifícios e os trens
Vomitavam gente
Você celebrava com os seus amigos
Na sala de espera do paraíso

Do interior do seu carro
A noite desfila
Seus muitos sonhos blindados
Pelas avenidas
Quando Beethoven te chama
Do celular
Você atende irritado
E pra se livrar
Combina encontrar às quinze pras cinco
Na sala de espera do paraíso

Lá fora o som dos cachorros
Virando o lixo
Eu sei que amores modernos
Têm novos ritos
Uma tiara de ouro
Na cabeceira
Brincos e anéis de brilhantes
Em cima da mesa
E deve deixar sapato e vestido
Na sala de espera do paraíso
E deve deixar sapato e vestido
Na sala de espera do paraíso

Uma mulher quase nua
Na sua cama
Vai preparar mais um drinque
Chamado "Fama"
Servido em copo pequeno
Preto e dourado
Enquanto o liquido escuro
Desce gelado
Escuto os cachorros virando o lixo
Na sala de espera do paraíso

Escuto os cachorros virando o lixo
Na sala de espera do paraíso
Você celebrava com os seus amigos
Na sala de espera do paraíso