Leonardo    

Dona Encrenca

Letras Leonardo / Dona Encrenca

Dona Encrenca

Leonardo

Quando o dia tá bonito
É só ela dar um grito
Que lá vem um temporal
Tudo em paz, tudo tranquilo
Ela arruma sempre um grilo
Pra mudar o meu astral
Deixa tudo num embaço
Mete o bico no que eu faço
E quer sempre ter razão
Ela nunca tá contente
É pior que dor de dente
É um prego no colchão

Eu já não aguento mais
Coisa ruim só vem de penca
Se eu soubesse o mal que faz
Juro, eu voltaria atrás
Pra me livrar da dona encrenca

Briga, xinga, chora
É pior que uma cobra
É um sofrimento, Eu às vezes penso
Que casei com minha sogra


Leonardo

Dona Encrenca

Leonardo

Dona Encrenca

Quando o dia tá bonito
É só ela dar um grito
Que lá vem um temporal
Tudo em paz, tudo tranquilo
Ela arruma sempre um grilo
Pra mudar o meu astral
Deixa tudo num embaço
Mete o bico no que eu faço
E quer sempre ter razão
Ela nunca tá contente
É pior que dor de dente
É um prego no colchão

Eu já não aguento mais
Coisa ruim só vem de penca
Se eu soubesse o mal que faz
Juro, eu voltaria atrás
Pra me livrar da dona encrenca

Briga, xinga, chora
É pior que uma cobra
É um sofrimento, Eu às vezes penso
Que casei com minha sogra