Lenine    

Uma Canção e Só

Letras Lenine / Uma Canção e Só

Uma Canção e Só

Lenine

Desde de que eu me encanto, sigo a voz do vento,
Já faz tanto tempo, canto, intento.
A cantoria que me levaria a qualquer lugar,
A melodia que transformaria a quem escutar, assim num piscar.
E fosse o canto assim, como um quebranto, à compreensão,
E cada nota revelasse a reta do seu coração,
Só pela canção, tocar você.

Já faz tanto tempo que sigo a voz do vento,
Canto e não me canso, danço, invento.
Uma batida que tocasse a vida pr'um lugar melhor,
Uma canção que fosse vir assim pr'aquela paz maior,
A canção e só.
Que esse quebranto entoasse o canto pela multidão,
Que a minha reta siga cada nota até o seu coração,
Só pela canção, tocar você.


Lenine

Uma Canção e Só

Lenine

Uma Canção e Só

Desde de que eu me encanto, sigo a voz do vento,
Já faz tanto tempo, canto, intento.
A cantoria que me levaria a qualquer lugar,
A melodia que transformaria a quem escutar, assim num piscar.
E fosse o canto assim, como um quebranto, à compreensão,
E cada nota revelasse a reta do seu coração,
Só pela canção, tocar você.

Já faz tanto tempo que sigo a voz do vento,
Canto e não me canso, danço, invento.
Uma batida que tocasse a vida pr'um lugar melhor,
Uma canção que fosse vir assim pr'aquela paz maior,
A canção e só.
Que esse quebranto entoasse o canto pela multidão,
Que a minha reta siga cada nota até o seu coração,
Só pela canção, tocar você.