Lenine    

Trégua Suspensa

Letras Lenine / Trégua Suspensa

Trégua Suspensa

Lenine

Depois que você virou visita
A quem se deve tanta honra
Essa chegada sem convite algum
Abro a porta e dou de cara
Com essa cara de menino cínico
Sabendo que eu sofro do coração
Pode sentar, pode montar sua defesa
Que eu já preparei o meu perdão
Hoje eu quero sua companhia
Te dar todo o tipo de alegria
E adormecer no colo da sua mão
A vida é curta e o amor é quase eterno
Tudo é inferno pra quem nunca quer morrer
E eu que já morro de saudade, simplesmente
Da sua cara me pedindo pra esquecer
E olha agora aqui:
Você!


Lenine

Trégua Suspensa

Lenine

Trégua Suspensa

Depois que você virou visita
A quem se deve tanta honra
Essa chegada sem convite algum
Abro a porta e dou de cara
Com essa cara de menino cínico
Sabendo que eu sofro do coração
Pode sentar, pode montar sua defesa
Que eu já preparei o meu perdão
Hoje eu quero sua companhia
Te dar todo o tipo de alegria
E adormecer no colo da sua mão
A vida é curta e o amor é quase eterno
Tudo é inferno pra quem nunca quer morrer
E eu que já morro de saudade, simplesmente
Da sua cara me pedindo pra esquecer
E olha agora aqui:
Você!