Lenine    

Pernambucópolis

Letras Lenine / Pernambucópolis

Pernambucópolis

Lenine

Eita saudade danada
Vim das estrelas com meu ziriguidum
"Parece que estou sonhando"
Meus olhos reencontrando
Minha gente, meu lugar
E vitalino ao som do baião
Tem batucada no meu são joão
"Vixe maria", me de proteção
Rodei ciranda com os pes na areia
Toquei viola sob a lua cheia

Chegue, venha cá forrozear
Zabumbei meu coração
Puxa o fole, sanfoneiro
"Arretado" e meu sertão

Ah, meu pernambuco...
Sou mameluco, leão do norte sou
Um peregrino personagem de cordel
Levo comigo meu "padim padre miguel"
Eu danco frevo até o dia clarear
No colorido do folclore popular
Abre a sombrinha que o "galo" madrugou
Tambem tem festa em olinda, meu amor!
Vejam quanta alegria levar vou
Viver um sonho no espaço sideral
Da pioneira, ergo a bandeira
"Pernambucópolis", meu carnaval!

Louco de paixão, sempre vou te amar
Luz da emoção no meu cantar
Independente na identidade
Com muito orgulho, "eu sou mocidade"


Lenine

Pernambucópolis

Lenine

Pernambucópolis

Eita saudade danada
Vim das estrelas com meu ziriguidum
"Parece que estou sonhando"
Meus olhos reencontrando
Minha gente, meu lugar
E vitalino ao som do baião
Tem batucada no meu são joão
"Vixe maria", me de proteção
Rodei ciranda com os pes na areia
Toquei viola sob a lua cheia

Chegue, venha cá forrozear
Zabumbei meu coração
Puxa o fole, sanfoneiro
"Arretado" e meu sertão

Ah, meu pernambuco...
Sou mameluco, leão do norte sou
Um peregrino personagem de cordel
Levo comigo meu "padim padre miguel"
Eu danco frevo até o dia clarear
No colorido do folclore popular
Abre a sombrinha que o "galo" madrugou
Tambem tem festa em olinda, meu amor!
Vejam quanta alegria levar vou
Viver um sonho no espaço sideral
Da pioneira, ergo a bandeira
"Pernambucópolis", meu carnaval!

Louco de paixão, sempre vou te amar
Luz da emoção no meu cantar
Independente na identidade
Com muito orgulho, "eu sou mocidade"