Lenine    

Pernambuco Falando Para o Mundo

Letras Lenine / Pernambuco Falando Para o Mundo

Pernambuco Falando Para o Mundo

Lenine

1 Voltei Recife
Luis Bandeira

Voltei, Recife.
Foi a saudade que me trouxe pelo braço.
Quero ver novamente vassouras na rua abafando.
Tomar umas e outras, e cair no passo.

2 Frevo Ciranda
Capiba

Eu fui na Praia do Janga
Pra ver a ciranda
E o seu cirandar.
O mar estava tão belo
E um peixe amarelo
Eu vi navegar..

Não era peixe, não era.
Era Iemanjá, a rainha.
Dançando a ciranda, ciranda..
No meio do mar..

3 Sol e Chuva
Alceu Valença

Não, não posso mais
Brincar de sol e chuva com você

Para o seu dedo
Eu tenho um dedal
Pro seu conselho
Cara de pau
Eu tenho dezembro
E tenho janeiro
E se não me engano tenho fevereiro
Se essa vida é um desmantelo
Me mate que eu sou muito vivo

4 Rios, Pontes e Overdrives
Chico Science . Fred Zero Quatro

Rios, pontes e overdrives
Impressionantes estruturas de lama.
Mangue..


Lenine

Pernambuco Falando Para o Mundo

Lenine

Pernambuco Falando Para o Mundo

1 Voltei Recife
Luis Bandeira

Voltei, Recife.
Foi a saudade que me trouxe pelo braço.
Quero ver novamente vassouras na rua abafando.
Tomar umas e outras, e cair no passo.

2 Frevo Ciranda
Capiba

Eu fui na Praia do Janga
Pra ver a ciranda
E o seu cirandar.
O mar estava tão belo
E um peixe amarelo
Eu vi navegar..

Não era peixe, não era.
Era Iemanjá, a rainha.
Dançando a ciranda, ciranda..
No meio do mar..

3 Sol e Chuva
Alceu Valença

Não, não posso mais
Brincar de sol e chuva com você

Para o seu dedo
Eu tenho um dedal
Pro seu conselho
Cara de pau
Eu tenho dezembro
E tenho janeiro
E se não me engano tenho fevereiro
Se essa vida é um desmantelo
Me mate que eu sou muito vivo

4 Rios, Pontes e Overdrives
Chico Science . Fred Zero Quatro

Rios, pontes e overdrives
Impressionantes estruturas de lama.
Mangue..