Lenine    

Embolada

Letras Lenine / Embolada

Embolada

Lenine

Eu nasci na veneza Brasileira
Eu sou da terra dos altos coqueiros
Danço coco de janeiro a janeiro
Foi painho e mainha que ensinou

Sou o barro na mão do Vitalino
Embolada do Jackson do pandeiro
Eu sou pernambucano, brasileiro
Se você vem comigo vai gostar

De coco-de-roda
De maracatu
De embolada de embolar
O ano inteiro

Vou pegar na cintura da morrena
Seja ela Rosinha ou Madalena
Meu amigo eu só sei que vale a pena
Pela praia tranquilo passear.


Lenine

Embolada

Lenine

Embolada

Eu nasci na veneza Brasileira
Eu sou da terra dos altos coqueiros
Danço coco de janeiro a janeiro
Foi painho e mainha que ensinou

Sou o barro na mão do Vitalino
Embolada do Jackson do pandeiro
Eu sou pernambucano, brasileiro
Se você vem comigo vai gostar

De coco-de-roda
De maracatu
De embolada de embolar
O ano inteiro

Vou pegar na cintura da morrena
Seja ela Rosinha ou Madalena
Meu amigo eu só sei que vale a pena
Pela praia tranquilo passear.