Léa Mendonça    

Vestes Santas

Letras Léa Mendonça / Vestes Santas

Vestes Santas

Léa Mendonça

Não sei por que Tu escolhestes a mim
Se eu jamais me aproximei
Nunca pensei que desses atenção
A um perdido como eu
Quando o inimigo vem me acusar
Tu me defendes com fervor
Nunca pensei que Alguém pudesse dar
Por mim sua vida e por amor
Quando cheguei eu logo percebi
Que havia culpa e pecado em mim
Mas Seu olhar jamais me condenou
E em Seus braços eu me escondi

As minhas vestes sei que vais trocar
E como águia me fazer subir
A boa obra começada em mim
Eu sei que muito em breve há de terminar

Não! Não vou deixar
Que o inimigo me acuse, me derrube no meu caminhar
Não vou permitir
Que a minha carne me enfrente, me domine, me conduza
Eu vou gritar pro mundo ouvir
Que só Jesus me faz feliz
Eu vou te adorar pra sempre
Eu vou ser grato eternamente
Vou te servir de corpo, alma e coração
Recebe, ó Deus, a minha adoração!
Recebe Senhor a nossa adoração!


Léa Mendonça

Vestes Santas

Léa Mendonça

Vestes Santas

Não sei por que Tu escolhestes a mim
Se eu jamais me aproximei
Nunca pensei que desses atenção
A um perdido como eu
Quando o inimigo vem me acusar
Tu me defendes com fervor
Nunca pensei que Alguém pudesse dar
Por mim sua vida e por amor
Quando cheguei eu logo percebi
Que havia culpa e pecado em mim
Mas Seu olhar jamais me condenou
E em Seus braços eu me escondi

As minhas vestes sei que vais trocar
E como águia me fazer subir
A boa obra começada em mim
Eu sei que muito em breve há de terminar

Não! Não vou deixar
Que o inimigo me acuse, me derrube no meu caminhar
Não vou permitir
Que a minha carne me enfrente, me domine, me conduza
Eu vou gritar pro mundo ouvir
Que só Jesus me faz feliz
Eu vou te adorar pra sempre
Eu vou ser grato eternamente
Vou te servir de corpo, alma e coração
Recebe, ó Deus, a minha adoração!
Recebe Senhor a nossa adoração!