Léa Mendonça    

Mãe

Mãe

Léa Mendonça

Muitas mulheres procedem virtuosamente,
Mas tu a todas sobrepujas. enganosa
É a graça, e vã a formosura, mas a mulher que teme ao senhor, essa será louvada! (pv. 31:29-30)

Mãe, te quero tanto
Ó mãe, te amo demais,
Pois contigo eu aprendi a amar
Muitas vezes eu te vi chorar
E eu nada pude fazer por você,
Mas eu sei que vou crescer
Se deus quiser, vou te ajudar

Filhos tão queridos, razão do meu viver
Um presente que ganhei dos céus
Foi deus quem deu vocês pra mim
Lindos como uma flor no jardim,
Resultado de um grande amor
Que nasceu dentro de mim!

Bate por mim coração de amor
Que me ama também com o olhar
Onde eu chorei o teu beijo secou
E a dor que doeu nem a marca ficou

Você é minha mãe, eu te amo demais
Um colírio pro olhar te amar quero mais

Mãe eu te amo demais!


Léa Mendonça

Mãe

Léa Mendonça

Mãe

Muitas mulheres procedem virtuosamente,
Mas tu a todas sobrepujas. enganosa
É a graça, e vã a formosura, mas a mulher que teme ao senhor, essa será louvada! (pv. 31:29-30)

Mãe, te quero tanto
Ó mãe, te amo demais,
Pois contigo eu aprendi a amar
Muitas vezes eu te vi chorar
E eu nada pude fazer por você,
Mas eu sei que vou crescer
Se deus quiser, vou te ajudar

Filhos tão queridos, razão do meu viver
Um presente que ganhei dos céus
Foi deus quem deu vocês pra mim
Lindos como uma flor no jardim,
Resultado de um grande amor
Que nasceu dentro de mim!

Bate por mim coração de amor
Que me ama também com o olhar
Onde eu chorei o teu beijo secou
E a dor que doeu nem a marca ficou

Você é minha mãe, eu te amo demais
Um colírio pro olhar te amar quero mais

Mãe eu te amo demais!