Korn    

Sangrando

Letras Korn / Sangrando

Sangrando

Korn

Bleeding Out

I'm staring at a face
I don't recognize
Rotten and replaced
Lifeless and benign
You can never say
That i didn't try
I can not erase
What's in my mind

I'm the one to give to you
I'm the one to break you thru
Anything you ever do will
Eat you up and impale you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

My thoughts they interlace
Been spun out for sometime
I wander in this maze
An act that is sublime
You can never say
That i didn't try
I cannot erase
What's in my mind

I'm the one to give to you
I'm the one to break you thru
Anything you ever do will
Eat you up and impale you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

Sangrando

Estou olhando para um rosto
Eu não reconheço
Pútrido e substituído
Sem nenhuma vida e benigno
Você nunca pode dizer
Que eu não tentei
Eu não posso apagar
O que está na minha mente

Eu sou aquele para te dar
Eu sou aquele para te destruir por dentro
Qualquer coisa que você sempre faça irá
Te comer e te empalar

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você

Meus pensamentos, eles entrelaçam-se
Fui dilatado por algum tempo
Eu vago neste labirinto
Um ato que é sublime
Você nunca pode dizer
Que eu não tentei
EU não posso apagar
O que está na minha mente

Eu sou aquele para te dar
Eu sou aquele para te destruir por dentro
Qualquer coisa que você sempre faça irá
Te comer e te empalar

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você


Korn

Sangrando

Korn

Sangrando

Bleeding Out

I'm staring at a face
I don't recognize
Rotten and replaced
Lifeless and benign
You can never say
That i didn't try
I can not erase
What's in my mind

I'm the one to give to you
I'm the one to break you thru
Anything you ever do will
Eat you up and impale you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

My thoughts they interlace
Been spun out for sometime
I wander in this maze
An act that is sublime
You can never say
That i didn't try
I cannot erase
What's in my mind

I'm the one to give to you
I'm the one to break you thru
Anything you ever do will
Eat you up and impale you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

I'm bleeding out
Been crucified by trusting you
Hate turns to shame
By praising you, adoring fool
I'm the one that set you free
Bound to burn for eternity 'cause
I'm bleeding out
You're never there when i need you

Sangrando

Estou olhando para um rosto
Eu não reconheço
Pútrido e substituído
Sem nenhuma vida e benigno
Você nunca pode dizer
Que eu não tentei
Eu não posso apagar
O que está na minha mente

Eu sou aquele para te dar
Eu sou aquele para te destruir por dentro
Qualquer coisa que você sempre faça irá
Te comer e te empalar

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você

Meus pensamentos, eles entrelaçam-se
Fui dilatado por algum tempo
Eu vago neste labirinto
Um ato que é sublime
Você nunca pode dizer
Que eu não tentei
EU não posso apagar
O que está na minha mente

Eu sou aquele para te dar
Eu sou aquele para te destruir por dentro
Qualquer coisa que você sempre faça irá
Te comer e te empalar

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você

Eu estou sangrando
Fui crucificado por confiar em você
Ódio se torna vergonha
Ao louvar você, adorável otário
Eu sou aquele que te deixa livre
Restrito a queimar pela eternidade porque
Eu estou sangrando
Você nunca está lá quando eu preciso de você