Keane    

Finja Que Está Sozinho

Letras Keane / Finja Que Está Sozinho

Finja Que Está Sozinho

Keane

Pretend That You're Alone

We are just the monkeys, who fell out of the trees
We are blisters on the earth
We are not the flowers, we're the strangling weeds
In the meadow

And love is just our way of looking out for ourselves
When we don't want to live alone
So step into the vacuum, tear off your clothes
And be born again

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just animal reflex
There's noone looking on
Forget about fashion
Forget about the law
Pretend that you're alone now

I wonder what I'd do, if I could wake up every morning
With a clean slate
I'd burn through the cities, I'd tear through the towns
Cos there's no deals to make
So break out of the cages, the delicate structures
We cling to all our lives
Cos we are just the monkeys, who fell out of the trees
When we were trying to fly

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just primal desire
No right and no wrong
Forget about the future
Forget about blame
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now

She's not waiting for tomorrow
And she has no love in her eyes
Oh no, I wanna come down right now
But oh no(?), I wanna get out right now

Oh oh!

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just animal reflex
There's noone looking on
Forget about religion
Forget about shame
Pretend that you're alone now

No numbers in your phone now
There's nothing going on
Just primal desire
No right and no wrong
Forget about fashion
Forget about fame
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now

Do do do do...

Finja Que Está Sozinho

Somos apenas os macacos, que caíram das árvores
Somos bolhas sobre a terra
Não somos as flores, somos as ervas daninhas
No Campo

E amar é só o nosso jeito de cuidar de nós mesmos
Quando não queremos viver sozinhos
Então ande para o vácuo, arranque suas roupas
E nasça novamente

Finja que está sozinho agora
E tudo partirá
Apenas um reflexo animal
Não há ninguem olhando
Esqueça a moda
Esqueça a lei
Finja que está sozinho agora

Eu me pergunto o que eu faria, seu pudesse acordar toda manha
Com uma lousa limpa
Eu queimaria as cidades, eu rasgaria as cidades
Pois não há objetivos para fazer
Então se liberte das gaiolas, as estruturas delicadas
Nós nos apegamos a todas nossas vidas
Pois somos apenas macacos que caíram das árvores
Quando estávamos tentando voar

Finja que está sozinha agora
E tudo partirá
É só um desejo primitivo
Sem certo e sem errado
Esqueça o futuro
Esqueça a culpa
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora

Ela não está esperando pelo amanhã
Ela não tem amor em seus olhos
Oh Não, Eu quero voltar agora
Mas Oh não, Eu quero fugir agora

Oh Oh!

Finja que está sozinha agora
E tudo partirá
É só um reflexo animal
Não há niguem olhando
Esqueça a religião
Esqueça a vergonha
Finja que está sozinha agora

Sem números no seu telefone agora
Não há nada acontecendo
É só um desejo primitivo
Sem certo, sem errado
Esqueça a moda
Esqueça a fama
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora

Do,do,do,do...


Keane

Finja Que Está Sozinho

Keane

Finja Que Está Sozinho

Pretend That You're Alone

We are just the monkeys, who fell out of the trees
We are blisters on the earth
We are not the flowers, we're the strangling weeds
In the meadow

And love is just our way of looking out for ourselves
When we don't want to live alone
So step into the vacuum, tear off your clothes
And be born again

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just animal reflex
There's noone looking on
Forget about fashion
Forget about the law
Pretend that you're alone now

I wonder what I'd do, if I could wake up every morning
With a clean slate
I'd burn through the cities, I'd tear through the towns
Cos there's no deals to make
So break out of the cages, the delicate structures
We cling to all our lives
Cos we are just the monkeys, who fell out of the trees
When we were trying to fly

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just primal desire
No right and no wrong
Forget about the future
Forget about blame
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now

She's not waiting for tomorrow
And she has no love in her eyes
Oh no, I wanna come down right now
But oh no(?), I wanna get out right now

Oh oh!

Pretend that you're alone now
And everything's gone
Just animal reflex
There's noone looking on
Forget about religion
Forget about shame
Pretend that you're alone now

No numbers in your phone now
There's nothing going on
Just primal desire
No right and no wrong
Forget about fashion
Forget about fame
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now
Pretend that you're alone now

Do do do do...

Finja Que Está Sozinho

Somos apenas os macacos, que caíram das árvores
Somos bolhas sobre a terra
Não somos as flores, somos as ervas daninhas
No Campo

E amar é só o nosso jeito de cuidar de nós mesmos
Quando não queremos viver sozinhos
Então ande para o vácuo, arranque suas roupas
E nasça novamente

Finja que está sozinho agora
E tudo partirá
Apenas um reflexo animal
Não há ninguem olhando
Esqueça a moda
Esqueça a lei
Finja que está sozinho agora

Eu me pergunto o que eu faria, seu pudesse acordar toda manha
Com uma lousa limpa
Eu queimaria as cidades, eu rasgaria as cidades
Pois não há objetivos para fazer
Então se liberte das gaiolas, as estruturas delicadas
Nós nos apegamos a todas nossas vidas
Pois somos apenas macacos que caíram das árvores
Quando estávamos tentando voar

Finja que está sozinha agora
E tudo partirá
É só um desejo primitivo
Sem certo e sem errado
Esqueça o futuro
Esqueça a culpa
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora

Ela não está esperando pelo amanhã
Ela não tem amor em seus olhos
Oh Não, Eu quero voltar agora
Mas Oh não, Eu quero fugir agora

Oh Oh!

Finja que está sozinha agora
E tudo partirá
É só um reflexo animal
Não há niguem olhando
Esqueça a religião
Esqueça a vergonha
Finja que está sozinha agora

Sem números no seu telefone agora
Não há nada acontecendo
É só um desejo primitivo
Sem certo, sem errado
Esqueça a moda
Esqueça a fama
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora
Finja que está sozinha agora

Do,do,do,do...