Judas Priest    

Morte

Morte

Judas Priest

Death

I will take
Your final breath
And i will be
Your last regret
Cold blood
Runs
In my blackened heart
Tearing
Every soul apart

Messenger of death
Wields the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Hold his blade
For termination

Sin
Is what i feast upon
I'm forging
My crematorium
Your tomb
Is waiting here for you
Welcome to my ritual

Messenger of death
Wirlds the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Holds his blade
For termination

Death rides out
From the storm
We turn to God
And cry
Ignored
We turn to face
This vengeance
From the sky

Death rides out
From the storm
No time left
To repent
No quarter
No escape
No line
Of seld defence

Death rides out
From the storm
In terror
We confess
Our voice
Is heard no more
His deed
Is merciless

Death rides out
From the sotrm
Deface humanity
There's no escape
From this
Human calamity

Death rides out
From the storm
We turn to God
And cry
Ignored
We turn to face
This vengeance
From the sky
Messenger of death
Wields the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Holds his blade
For termination

Morte

Tomarei
Seu último suspiro
E eu serei
Seu último lamento
Sangue frio
Corre
Em meu coração enegrecido
Rasgando
Cada alma em pedaços

Mensageiro da morte
Empunha a foice
De condenação do homem
Mensageiro da morte
Segure sua espada
Para a rescisão

Pecado
É o que eu me alimento
Estou forjando
Meu crematório
Seu túmulo
Está esperando por você aqui
Bem vindo ao meu ritual

Mensageiro da morte Morte
Empunha a foice
Para condenação do homem
Mensageiro da morte
Segure sua espada
Para a rescisão

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Nós viramos para Deus
e choramos
ignorados
Nós viramos o rosto
Essa vingança
Vinda do céu

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Não resta tempo
Para arrepender-se
No trimestre
Sem saída
Sem caminho
De se defender

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
No terror
Confessamos
Nossa voz
Não é mais ouvida
Sua ação
É implacável

Morte passeios fora
Junto da tempestade
Desfigurar a humanidade
Não há como escapar
A partir desta
Calamidade Humana

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Nós viramos para Deus
e choramos
ignorados
Nós viramos o rosto
Essa vingança
Vinda do céu
Mensageiro da morte
Empunha a foice
De condenação do homem
Mensageiro da morte
Mantém sua lâmina
Para a rescisão


Judas Priest

Morte

Judas Priest

Morte

Death

I will take
Your final breath
And i will be
Your last regret
Cold blood
Runs
In my blackened heart
Tearing
Every soul apart

Messenger of death
Wields the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Hold his blade
For termination

Sin
Is what i feast upon
I'm forging
My crematorium
Your tomb
Is waiting here for you
Welcome to my ritual

Messenger of death
Wirlds the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Holds his blade
For termination

Death rides out
From the storm
We turn to God
And cry
Ignored
We turn to face
This vengeance
From the sky

Death rides out
From the storm
No time left
To repent
No quarter
No escape
No line
Of seld defence

Death rides out
From the storm
In terror
We confess
Our voice
Is heard no more
His deed
Is merciless

Death rides out
From the sotrm
Deface humanity
There's no escape
From this
Human calamity

Death rides out
From the storm
We turn to God
And cry
Ignored
We turn to face
This vengeance
From the sky
Messenger of death
Wields the scythe
Of man's damnation
Messenger of death
Holds his blade
For termination

Morte

Tomarei
Seu último suspiro
E eu serei
Seu último lamento
Sangue frio
Corre
Em meu coração enegrecido
Rasgando
Cada alma em pedaços

Mensageiro da morte
Empunha a foice
De condenação do homem
Mensageiro da morte
Segure sua espada
Para a rescisão

Pecado
É o que eu me alimento
Estou forjando
Meu crematório
Seu túmulo
Está esperando por você aqui
Bem vindo ao meu ritual

Mensageiro da morte Morte
Empunha a foice
Para condenação do homem
Mensageiro da morte
Segure sua espada
Para a rescisão

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Nós viramos para Deus
e choramos
ignorados
Nós viramos o rosto
Essa vingança
Vinda do céu

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Não resta tempo
Para arrepender-se
No trimestre
Sem saída
Sem caminho
De se defender

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
No terror
Confessamos
Nossa voz
Não é mais ouvida
Sua ação
É implacável

Morte passeios fora
Junto da tempestade
Desfigurar a humanidade
Não há como escapar
A partir desta
Calamidade Humana

A morte passeia la fora
Junto da tempestade
Nós viramos para Deus
e choramos
ignorados
Nós viramos o rosto
Essa vingança
Vinda do céu
Mensageiro da morte
Empunha a foice
De condenação do homem
Mensageiro da morte
Mantém sua lâmina
Para a rescisão