Judas Priest    

Fogo Rápido

Letras Judas Priest / Fogo Rápido

Fogo Rápido

Judas Priest

Rapid Fire

Pounding the world like a battering ram
Forging the furnace for the final grand slam
Chopping away at the source soon the course will be done
Leaving a trail of destruction that's second to none

Hammering anvils straining muscle and might
Shattering blows crashing browbeating fright
Fast devastating and desolisating the curse
Blasting the cannons of truth through each man of this earth

Wielding the axe comes the one culmination
That's always seemed certain to bring down the curtain on greed

Sifting the good from the bad it's the age for the rage
Of the dogs which must fall to the just and be free

Now grate for the vandals who trampled and sampled
Till this place conditioned brought forth demolition to war

The slipping and sliding corrosive subsiding
That withered and wained till the world seemed all drained fills
the bay

Pounding the world like a battering ram
Forging the furnace for the final grand slam
Chopping away at the source soon the course will be done
Leaving a trail of destruction that's second to none
Second to none

Fogo Rápido

Socando o mundo feito um carneiro de ferro*
Forjando o forno para a grande competição final
Talhando junto à fonte logo o percurso estará finalizado
Deixando um rastro de destruição sem comparação

Martelando as bigornas, músculo esticado e poder
Rajadas destruidoras, estardalhaço, expressão de medo
Devastando com rapidez e desolando a praga
Explodindo os canhões da verdade através de cada homem desta Terra

Empunhando o machado, vem a culminação
Que sempre pareceu certa para derrubar a cortina em ganância

Peneirando o bem do mal é a idade para a raiva
Dos cães que devem cair aos justos e serem livres

Agora rale para os vândalos que pisotearam e tiveram amostra
Até este lugar condicionado que trouxe demolição à guerra

O sorrateiro, escorregadio e corrosivo abrandamento
Que murchou e minguou até que o mundo pareceu todo drenado
Enche a baía

Socando o mundo feito um carneiro de ferro*
Forjando o forno para a grande competição final
Talhando junto à fonte logo o percurso estará finalizado
Deixando um rastro de destruição
Sem comparação


Judas Priest

Fogo Rápido

Judas Priest

Fogo Rápido

Rapid Fire

Pounding the world like a battering ram
Forging the furnace for the final grand slam
Chopping away at the source soon the course will be done
Leaving a trail of destruction that's second to none

Hammering anvils straining muscle and might
Shattering blows crashing browbeating fright
Fast devastating and desolisating the curse
Blasting the cannons of truth through each man of this earth

Wielding the axe comes the one culmination
That's always seemed certain to bring down the curtain on greed

Sifting the good from the bad it's the age for the rage
Of the dogs which must fall to the just and be free

Now grate for the vandals who trampled and sampled
Till this place conditioned brought forth demolition to war

The slipping and sliding corrosive subsiding
That withered and wained till the world seemed all drained fills
the bay

Pounding the world like a battering ram
Forging the furnace for the final grand slam
Chopping away at the source soon the course will be done
Leaving a trail of destruction that's second to none
Second to none

Fogo Rápido

Socando o mundo feito um carneiro de ferro*
Forjando o forno para a grande competição final
Talhando junto à fonte logo o percurso estará finalizado
Deixando um rastro de destruição sem comparação

Martelando as bigornas, músculo esticado e poder
Rajadas destruidoras, estardalhaço, expressão de medo
Devastando com rapidez e desolando a praga
Explodindo os canhões da verdade através de cada homem desta Terra

Empunhando o machado, vem a culminação
Que sempre pareceu certa para derrubar a cortina em ganância

Peneirando o bem do mal é a idade para a raiva
Dos cães que devem cair aos justos e serem livres

Agora rale para os vândalos que pisotearam e tiveram amostra
Até este lugar condicionado que trouxe demolição à guerra

O sorrateiro, escorregadio e corrosivo abrandamento
Que murchou e minguou até que o mundo pareceu todo drenado
Enche a baía

Socando o mundo feito um carneiro de ferro*
Forjando o forno para a grande competição final
Talhando junto à fonte logo o percurso estará finalizado
Deixando um rastro de destruição
Sem comparação