Judas Priest    

Epitáfio:

Letras Judas Priest / Epitáfio:

Epitáfio:

Judas Priest

Epitaph

The old man's sitting there, his head bowed down
Every now and then he'll take a look around
And his eyes reflect the memory-pain of years gone by
He can't regain nostalgic dreams he'll never see again

With trembling hands, he wipes a tear
Many fall like rain, there's one for every year
And his life laid out so clearly now, life that's brought death
So nearly now life once he clung to dearly now lets go

But spare a thought as you pass him by
Take a closer look and you'll say
He's our tomorrow, just as much as we are his yesterday

A lonely grave, and soon forgot
Only wind and leaves lament his mournful song
Yet they shout his epitaph out clear
For anyone who's passing near
It names the person lying here as you
And you...and you...and you...

Epitáfio:

O ancião está sentado ali, sua cabeça baixa
De vez em quando ele dará uma olhada em volta
E seus olhos refletem a memória a dor de anos que se foram
Ele não pode ter de volta sonhos nostálgicos que ele nunca mais verá

Com mãos trêmulas, ele enxuga uma lágrima
Muitas caem como chuva, há uma para cada ano
E sua vida agora exposta tão claramente, vida que trouxe a morte
Tão próxima agora à vida que uma vez ele agarrou para delicadamente deixá-la ir

Mas pense um momento ao passar por ele
Olhe mais perto e você dirá
Ele é o nosso amanhã, tanto quanto somos o ontem dele

Uma sepultura solitária, e logo esquecida
Apenas o vento e as folhas lamentam sua canção cheia de pesar
Ainda assim eles gritam seu epitáfio alto e claro
Para qualquer um que passe por lá
Nomeiam a pessoa que lá jaz como sendo você
E você... e você... e você...


Judas Priest

Epitáfio:

Judas Priest

Epitáfio:

Epitaph

The old man's sitting there, his head bowed down
Every now and then he'll take a look around
And his eyes reflect the memory-pain of years gone by
He can't regain nostalgic dreams he'll never see again

With trembling hands, he wipes a tear
Many fall like rain, there's one for every year
And his life laid out so clearly now, life that's brought death
So nearly now life once he clung to dearly now lets go

But spare a thought as you pass him by
Take a closer look and you'll say
He's our tomorrow, just as much as we are his yesterday

A lonely grave, and soon forgot
Only wind and leaves lament his mournful song
Yet they shout his epitaph out clear
For anyone who's passing near
It names the person lying here as you
And you...and you...and you...

Epitáfio:

O ancião está sentado ali, sua cabeça baixa
De vez em quando ele dará uma olhada em volta
E seus olhos refletem a memória a dor de anos que se foram
Ele não pode ter de volta sonhos nostálgicos que ele nunca mais verá

Com mãos trêmulas, ele enxuga uma lágrima
Muitas caem como chuva, há uma para cada ano
E sua vida agora exposta tão claramente, vida que trouxe a morte
Tão próxima agora à vida que uma vez ele agarrou para delicadamente deixá-la ir

Mas pense um momento ao passar por ele
Olhe mais perto e você dirá
Ele é o nosso amanhã, tanto quanto somos o ontem dele

Uma sepultura solitária, e logo esquecida
Apenas o vento e as folhas lamentam sua canção cheia de pesar
Ainda assim eles gritam seu epitáfio alto e claro
Para qualquer um que passe por lá
Nomeiam a pessoa que lá jaz como sendo você
E você... e você... e você...