Juanes    

Para Ser Eterno

Letras Juanes / Para Ser Eterno

Para Ser Eterno

Juanes

Para Ser Eterno

Cuánto diera por cambiar
Todo aquello que hice mal
Cuánto diera por morir y volver a despertar
Cuánto diera yo en mi afán por hacerte regresar
Cuánto dieran estos ojos por volverte a ver. . .

No esta tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
Si bajas del cielo
Llévame a tu lado. . .

Solitario corazón
Ya no es tiempo de llorar
Lo pasado ya pasó
Y lo hecho hecho está
Alguien tiene la razón
No se puede echar atrás
No se puede echar atrás
Cuándo está tan tarde. . . .

No está tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
si bajas del cielo
Llévame a tu lado. . .
Amor de humo blanco
Amor del quebranto
Si bájas del cielo
Llévame a tu lado. . . .

Para empezar a crecer. . . .

Para ser eterno, porque la distancia no es el fín
Para ser eterno, sólo es una prueba más
Para ser eterno, que tu recuerdo vivirá en mi
Para ser eterno, por eso tú enséñame el camino

para ser eterno. . . .

En mis sueños puedo ver
Que te acercas mas a mi
Y en lo inménso de tus ojos el destello de una luz
En tu auséncia la ilusión
De que seas para mí
Y en el tiempo un pretexto para amarte más. . . .

No está tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
Si bájas del cielo Llévame a tu lado...
Amor de humo blanco
Amor del quebranto
Si bajas del cielo llévame a tu lado
Si bajas del cielo llévame a tu lado

Para empezar a crecer. . . .

Para ser eterno, porque la distancia no es el fín
Para ser eterno, sólo es una prueba más
Para ser eterno,.que tu recuerdo vivirá en mi
Para ser eterno,por eso tu enséñame el camino
Para ser eterno

Para Ser Eterno

Quanto gostaria de mudar
Tudo aquilo que fez mal
Quanto gostaria de morrer e voltar a despertar
Quanto gostaria dêem minha ânsia te fazer regressar
Quanto gostaria estes olhos de voltar a te ver...

Não está seu corpo
Mas sim a sua lembrança
Se baixa do céu
Me leve ao teu lado

Coração solitário
Já não é tempo de chorar
O passado já passou
E o que foi feito, feito está
Alguém tem a razão
Não se pode voltar atrás
Não se pode voltar atrás
Quando está tão tarde...

Não é o seu corpo
Mas sua memória
Se você descer do céu
Leve-me ao seu lado ...
Amor de fumaça branca
Dor do amor
Se você descer do céu
Leve-me ao seu lado

Para começar a crescer...

Para ser eterno, porque a distância não é o fim
Para ser eterno, é apenas mais uma prova
Para ser eterno. Que a sua memória vai viver na minha
Para ser eterno, assim você me mostra o caminho

Para ser eterno...

Nos meus sonhos eu posso ver
Está mais perto do meu
E na imensidão dos teus olhos o flash de luz
Em sua ausência a ilusão
Eles são para mim
E ao longo do tempo um pretexto para te amar mais. . .

Não é o seu corpo
Mas sua memória
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado ...
Amor de fumaça branca
Dor do amor
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado.

Para começar a crescer...

Para ser eterno, porque a distância não é o fim
Para ser eterno, é apenas mais uma prova
Para ser eterno. Que a sua memória vai viver na minha
Para ser eterno, assim você me mostra o caminho
Para ser eterno


Juanes

Para Ser Eterno

Juanes

Para Ser Eterno

Para Ser Eterno

Cuánto diera por cambiar
Todo aquello que hice mal
Cuánto diera por morir y volver a despertar
Cuánto diera yo en mi afán por hacerte regresar
Cuánto dieran estos ojos por volverte a ver. . .

No esta tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
Si bajas del cielo
Llévame a tu lado. . .

Solitario corazón
Ya no es tiempo de llorar
Lo pasado ya pasó
Y lo hecho hecho está
Alguien tiene la razón
No se puede echar atrás
No se puede echar atrás
Cuándo está tan tarde. . . .

No está tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
si bajas del cielo
Llévame a tu lado. . .
Amor de humo blanco
Amor del quebranto
Si bájas del cielo
Llévame a tu lado. . . .

Para empezar a crecer. . . .

Para ser eterno, porque la distancia no es el fín
Para ser eterno, sólo es una prueba más
Para ser eterno, que tu recuerdo vivirá en mi
Para ser eterno, por eso tú enséñame el camino

para ser eterno. . . .

En mis sueños puedo ver
Que te acercas mas a mi
Y en lo inménso de tus ojos el destello de una luz
En tu auséncia la ilusión
De que seas para mí
Y en el tiempo un pretexto para amarte más. . . .

No está tu cuerpo
Pero sí tu recuerdo
Si bájas del cielo Llévame a tu lado...
Amor de humo blanco
Amor del quebranto
Si bajas del cielo llévame a tu lado
Si bajas del cielo llévame a tu lado

Para empezar a crecer. . . .

Para ser eterno, porque la distancia no es el fín
Para ser eterno, sólo es una prueba más
Para ser eterno,.que tu recuerdo vivirá en mi
Para ser eterno,por eso tu enséñame el camino
Para ser eterno

Para Ser Eterno

Quanto gostaria de mudar
Tudo aquilo que fez mal
Quanto gostaria de morrer e voltar a despertar
Quanto gostaria dêem minha ânsia te fazer regressar
Quanto gostaria estes olhos de voltar a te ver...

Não está seu corpo
Mas sim a sua lembrança
Se baixa do céu
Me leve ao teu lado

Coração solitário
Já não é tempo de chorar
O passado já passou
E o que foi feito, feito está
Alguém tem a razão
Não se pode voltar atrás
Não se pode voltar atrás
Quando está tão tarde...

Não é o seu corpo
Mas sua memória
Se você descer do céu
Leve-me ao seu lado ...
Amor de fumaça branca
Dor do amor
Se você descer do céu
Leve-me ao seu lado

Para começar a crescer...

Para ser eterno, porque a distância não é o fim
Para ser eterno, é apenas mais uma prova
Para ser eterno. Que a sua memória vai viver na minha
Para ser eterno, assim você me mostra o caminho

Para ser eterno...

Nos meus sonhos eu posso ver
Está mais perto do meu
E na imensidão dos teus olhos o flash de luz
Em sua ausência a ilusão
Eles são para mim
E ao longo do tempo um pretexto para te amar mais. . .

Não é o seu corpo
Mas sua memória
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado ...
Amor de fumaça branca
Dor do amor
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado
Se você descer do céu Leve-me ao seu lado.

Para começar a crescer...

Para ser eterno, porque a distância não é o fim
Para ser eterno, é apenas mais uma prova
Para ser eterno. Que a sua memória vai viver na minha
Para ser eterno, assim você me mostra o caminho
Para ser eterno