Juanes    

Nada

Letras Juanes / Nada

Nada

Juanes

Nada

Ya no tengo sufrimiento
Ya no tengo quien me mienta
Ya no tengo a quien contarle lo que tengo en mi cabeza
Ya no siento desconfianza
Ya no siento más violencia
Ya no siento que mi vida valga menos que tu ausencia

Ya no me importa tu destino
Ya solo quiero hallar el mio
Ya no me asombra tu existencia
Ya no me asombra nada (nada)

Ya no tengo que explicar
Ya no tengo quien me juzgue
Ya no tengo a quien pedirle una opinión sobre mi vida
Ya no siento el alma ciega
Ya no siento el alma muerta
Ya no siento que mi vida valga menos que tu ausencia

Ya no me importa tu destino
Ya solo quiero hallar el mio
Ya no me asombra tu existencia
Ya no me asombra nada (nada)

Para mi ya no existes... tiempo
Para mi ya no existes
Para mi ya no queda (nada)
Para mi ya no queda nada
(x4)

Nada

Já não tenho sofrimento
Já não tenho quem minta para mim
Já não tenho para quem contar o que tenho em minha mente
Já não sinto desconfiança
Já não sinto mais terror
Já não sinto que minha vida Valha menos que tua ausência

Já não me importa teu destino
Agora só quero encontrar eu mesmo
Já não me assombra tua existência
Já não me assombra nada, nada

Já não tenho que explicar
Já não tenho quem me julgue
Já não tenho a quem pedir uma opinião sobre minha vida
Já não sinto a alma cega
Já não sinto a alma morta
Já não sinto que minha vida valha menos que tua ausência

Já não me importa teu destino
Agora só quero encontrar eu mesmo
Já não me assombra tua existência
Já não me assombra nada, nada

Para mim já não existe tempo
Para mim já não existes
Para mim já não resta nada
Para mim já não resta nada
(x4)


Juanes

Nada

Juanes

Nada

Nada

Ya no tengo sufrimiento
Ya no tengo quien me mienta
Ya no tengo a quien contarle lo que tengo en mi cabeza
Ya no siento desconfianza
Ya no siento más violencia
Ya no siento que mi vida valga menos que tu ausencia

Ya no me importa tu destino
Ya solo quiero hallar el mio
Ya no me asombra tu existencia
Ya no me asombra nada (nada)

Ya no tengo que explicar
Ya no tengo quien me juzgue
Ya no tengo a quien pedirle una opinión sobre mi vida
Ya no siento el alma ciega
Ya no siento el alma muerta
Ya no siento que mi vida valga menos que tu ausencia

Ya no me importa tu destino
Ya solo quiero hallar el mio
Ya no me asombra tu existencia
Ya no me asombra nada (nada)

Para mi ya no existes... tiempo
Para mi ya no existes
Para mi ya no queda (nada)
Para mi ya no queda nada
(x4)

Nada

Já não tenho sofrimento
Já não tenho quem minta para mim
Já não tenho para quem contar o que tenho em minha mente
Já não sinto desconfiança
Já não sinto mais terror
Já não sinto que minha vida Valha menos que tua ausência

Já não me importa teu destino
Agora só quero encontrar eu mesmo
Já não me assombra tua existência
Já não me assombra nada, nada

Já não tenho que explicar
Já não tenho quem me julgue
Já não tenho a quem pedir uma opinião sobre minha vida
Já não sinto a alma cega
Já não sinto a alma morta
Já não sinto que minha vida valha menos que tua ausência

Já não me importa teu destino
Agora só quero encontrar eu mesmo
Já não me assombra tua existência
Já não me assombra nada, nada

Para mim já não existe tempo
Para mim já não existes
Para mim já não resta nada
Para mim já não resta nada
(x4)