Juanes    

Curandeiro

Letras Juanes / Curandeiro

Curandeiro

Juanes

Yerbatero

Te traigo el remedio para este mal de amor que lo estremece
Y no se merece sufrir si su pareja le dejó
Tengo toda clase de brebajes, plantas medicinales
Los he traido desde muy lejanos bosques hasta aquí

Soy yerbatero
Vengo a curar su mal de amores
Soy yo que quita los dolores
Y habla con los animales
Digame de que sufre usted
Que yo la tengo un brebaje
Que le devuelve el tono y lo pone bien
Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Sufre de depresión, mal de amor
Lleva varias noches sin dormir
Y su días no van bien en el trabajo
Bajo

Anda moribundo, preocupado, cabizbajo, desenamorado
Le tengo la solución si le duele el corazón
No soy doctor

Soy yerbatero
Vengo a curar su mal de amores
Soy yo que quita los dolores
Y habla con los animales
Digame de que sufre usted
Que yo la tengo un brebaje
Que le devuelve el tono y lo pone bien
Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Soy yerbatero
Soy yerbatero
Soy yerbatero

Curandeiro

Te trago o remédio para esse mal de amor que te estremece
Você não merece sofrer se seu par lhe deixou
Tenho todo tipo de xarope, plantas medicinais
Os trouxe de bosques muito longínquos até aqui

Sou curandeiro
Venho curar seu mal de amores
Sou eu que acaba com as dores
E fala com os animais
Me diga de que sofre
Que tenho um xarope pra você
Que te devolve a força e te deixa bem
Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Sofre de depressão, mal de amor
Não dorme há várias noites
E os dias não vão bem no trabalho
Balho

Anda moribundo, preocupado, cabisbaixo, desapaixonado
Tenho a solução se dói seu coração
Não sou médico

Sou curandeiro
Venho curar seu mal de amores
Sou eu que acaba com as dores
E fala com os animais
Me diga de que sofre
Que tenho um xarope pra você
Que te devolve a força e te deixa bem
Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Sou curandeiro
Sou curandeiro
Sou curandeiro


Juanes

Curandeiro

Juanes

Curandeiro

Yerbatero

Te traigo el remedio para este mal de amor que lo estremece
Y no se merece sufrir si su pareja le dejó
Tengo toda clase de brebajes, plantas medicinales
Los he traido desde muy lejanos bosques hasta aquí

Soy yerbatero
Vengo a curar su mal de amores
Soy yo que quita los dolores
Y habla con los animales
Digame de que sufre usted
Que yo la tengo un brebaje
Que le devuelve el tono y lo pone bien
Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Sufre de depresión, mal de amor
Lleva varias noches sin dormir
Y su días no van bien en el trabajo
Bajo

Anda moribundo, preocupado, cabizbajo, desenamorado
Le tengo la solución si le duele el corazón
No soy doctor

Soy yerbatero
Vengo a curar su mal de amores
Soy yo que quita los dolores
Y habla con los animales
Digame de que sufre usted
Que yo la tengo un brebaje
Que le devuelve el tono y lo pone bien
Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Bien, bien, bien, bien, bien bien

Si a usted señor lo deja su mujer
Úntese en el alma pomadita de clavel
Y para la señora que el marido ha sido infiel
No se preocupe busquese uno usted también

Soy yerbatero
Soy yerbatero
Soy yerbatero

Curandeiro

Te trago o remédio para esse mal de amor que te estremece
Você não merece sofrer se seu par lhe deixou
Tenho todo tipo de xarope, plantas medicinais
Os trouxe de bosques muito longínquos até aqui

Sou curandeiro
Venho curar seu mal de amores
Sou eu que acaba com as dores
E fala com os animais
Me diga de que sofre
Que tenho um xarope pra você
Que te devolve a força e te deixa bem
Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Sofre de depressão, mal de amor
Não dorme há várias noites
E os dias não vão bem no trabalho
Balho

Anda moribundo, preocupado, cabisbaixo, desapaixonado
Tenho a solução se dói seu coração
Não sou médico

Sou curandeiro
Venho curar seu mal de amores
Sou eu que acaba com as dores
E fala com os animais
Me diga de que sofre
Que tenho um xarope pra você
Que te devolve a força e te deixa bem
Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Bem, bem, bem, bem, bem

Se sua mulher lhe deixou, senhor
Unte sua alma com pomadinha de cravo
E para a senhora que o marido foi infiel
Não se preocupe, busque um você também

Sou curandeiro
Sou curandeiro
Sou curandeiro