Juanes    

A Solidão

Letras Juanes / A Solidão

A Solidão

Juanes

La Soledad

Cada cosa me recuerda ti
tu recuerdo va donde yo voy
no he podido escaparme al sabor del infierno
que estoy viviendo ahora

Que te fuiste tan lejos de mi
para otro mundo construir
me cuesta tanto aceptarlo amor
pero esto ya, se acabó

Te digo
la soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás
mi soledad...

Cada cosa me recuerda ti
tu recuerdo va donde yo voy
cuantas cosas no daria por estar contigo,
estar contigo ahora

Que te fuiste tan lejos de mi
para otro mundo construir
me cuesta tanto aceptarlo amor
pero esto ya, se acabó

Te digo
la soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás

La soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás

Mi soledad (tanta cosa me recuerda ti)
Mi soledad (tu recuerdo va donde yo voy)
Mi soledad (no he podido escaparme al sabor del infierno que estoy viviendo ahora)
Mi soledad (que te fuiste tan lejos de mi)
Mi soledad (para otro mundo construir)
Mi soledad (me cuesta tanto aceptarlo amor pero esto ya, se acabó)

A Solidão

Tudo me lembra você
Sua lembrança vai para onde eu vou
Eu não consegui escapar ao gosto do inferno
Que estou vivendo agora

Você foi pra tão longe de mim
Construir um outro mundo
Me custa tanto aceitar, amor
Mas chega, se acabou

Digo-te
A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está
Minha solidão ...

Tudo me lembra você
Sua lembrança vai para onde eu vou
Quanta coisas eu daria para estar contigo
Estar contigo agora

Você foi pra tão longe de mim
Construir um outro mundo
Me custa tanto aceitar, amor
Mas chega, se acabou

Digo-te
A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está

A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está

Minha solidão (tanta coisa me lembra você)
Minha Solidão (sua lembrança vai para onde eu vou)
Minha solidão (Eu não consegui escapar ao gosto do inferno que estou vivendo agora)
Minha solidão (você foi pra tão longe de mim)
Minha solidão (construir um outro mundo)
Minha solidão (me custa tanto aceitar, amor,mas chega, se acabou)


Juanes

A Solidão

Juanes

A Solidão

La Soledad

Cada cosa me recuerda ti
tu recuerdo va donde yo voy
no he podido escaparme al sabor del infierno
que estoy viviendo ahora

Que te fuiste tan lejos de mi
para otro mundo construir
me cuesta tanto aceptarlo amor
pero esto ya, se acabó

Te digo
la soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás
mi soledad...

Cada cosa me recuerda ti
tu recuerdo va donde yo voy
cuantas cosas no daria por estar contigo,
estar contigo ahora

Que te fuiste tan lejos de mi
para otro mundo construir
me cuesta tanto aceptarlo amor
pero esto ya, se acabó

Te digo
la soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás

La soledad es un tipo de veneno
que entra despacio y quema muy lento el corazón
que no tiene remedio, que no, que no
que no tiene remedio, que no
que no si tu no estás

Mi soledad (tanta cosa me recuerda ti)
Mi soledad (tu recuerdo va donde yo voy)
Mi soledad (no he podido escaparme al sabor del infierno que estoy viviendo ahora)
Mi soledad (que te fuiste tan lejos de mi)
Mi soledad (para otro mundo construir)
Mi soledad (me cuesta tanto aceptarlo amor pero esto ya, se acabó)

A Solidão

Tudo me lembra você
Sua lembrança vai para onde eu vou
Eu não consegui escapar ao gosto do inferno
Que estou vivendo agora

Você foi pra tão longe de mim
Construir um outro mundo
Me custa tanto aceitar, amor
Mas chega, se acabou

Digo-te
A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está
Minha solidão ...

Tudo me lembra você
Sua lembrança vai para onde eu vou
Quanta coisas eu daria para estar contigo
Estar contigo agora

Você foi pra tão longe de mim
Construir um outro mundo
Me custa tanto aceitar, amor
Mas chega, se acabou

Digo-te
A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está

A solidão é um tipo de veneno
Que entra devagar e queima lentamente o coração
Que não tem cura, não, não
Que não tem cura, não
Não tem, se você não está

Minha solidão (tanta coisa me lembra você)
Minha Solidão (sua lembrança vai para onde eu vou)
Minha solidão (Eu não consegui escapar ao gosto do inferno que estou vivendo agora)
Minha solidão (você foi pra tão longe de mim)
Minha solidão (construir um outro mundo)
Minha solidão (me custa tanto aceitar, amor,mas chega, se acabou)