Johnny Cash    

Escuro Como Um Calabouço

Letras Johnny Cash / Escuro Como Um Calabouço

Escuro Como Um Calabouço

Johnny Cash

Dark As A Dungeon

Oh come all you young fellers so young and so fine
Seek not your fortune in a dark dreary mine
It'll form as a habit and seep in your soul
Till the stream of your blood runs as black as the coal
Where it's dark as a dungeon damp as the dew danger is double pleasures are few
Where the rain never falls the sun never shines
It's a dark as a dungeon way down in the mine

Well it's many a man that I've seen in my day
(uh huh no laughin' during this song please it's bein' recorded)
Like a fiend with his dope and a drunkard with his wine
A man will have lust for the lure of the mine
And pray when I'm dead and my ages shall roll
That my body would blacken and turn into coal
Then I'll look from the door of my heavenly home and pity the miner digging my bones
Where it's dark as a dungeon...

Escuro Como Um Calabouço

Oh, venham todos jovens companheiros, tão jovens e tão bem
Não busquem por sua fortuna na triste e escura mina,
Isso se tornará um hábito e penetrará em sua alma
Até que seu sangue corra negro como carvão
Onde é escuro como um calabouço e úmido como o orvalho o perigo é dobrado e os prazeres são poucos
Onde a chuva nunca cai, o sol nunca brilha
É escuro como num calabouço lá em baixo na mina

Bem, são muitos homens que eu vi em meu dia
(Uh huh não fique rindo durante essa música por favor, está sendo gravada)
Como um demônio com sua droga e um bêbado com seu vinho
Um homem terá luxúria pela sedução da mina
E rezo pra quando eu estiver morto e as eras passarem por mim
Meu corpo deverá enegrecer e se tornar carvão
Então eu olharei pela porta da minha casa celestial e compadecerei-me do mineiro a escavar meus ossos.
Onde é escuro como um calabouço...


Johnny Cash

Escuro Como Um Calabouço

Johnny Cash

Escuro Como Um Calabouço

Dark As A Dungeon

Oh come all you young fellers so young and so fine
Seek not your fortune in a dark dreary mine
It'll form as a habit and seep in your soul
Till the stream of your blood runs as black as the coal
Where it's dark as a dungeon damp as the dew danger is double pleasures are few
Where the rain never falls the sun never shines
It's a dark as a dungeon way down in the mine

Well it's many a man that I've seen in my day
(uh huh no laughin' during this song please it's bein' recorded)
Like a fiend with his dope and a drunkard with his wine
A man will have lust for the lure of the mine
And pray when I'm dead and my ages shall roll
That my body would blacken and turn into coal
Then I'll look from the door of my heavenly home and pity the miner digging my bones
Where it's dark as a dungeon...

Escuro Como Um Calabouço

Oh, venham todos jovens companheiros, tão jovens e tão bem
Não busquem por sua fortuna na triste e escura mina,
Isso se tornará um hábito e penetrará em sua alma
Até que seu sangue corra negro como carvão
Onde é escuro como um calabouço e úmido como o orvalho o perigo é dobrado e os prazeres são poucos
Onde a chuva nunca cai, o sol nunca brilha
É escuro como num calabouço lá em baixo na mina

Bem, são muitos homens que eu vi em meu dia
(Uh huh não fique rindo durante essa música por favor, está sendo gravada)
Como um demônio com sua droga e um bêbado com seu vinho
Um homem terá luxúria pela sedução da mina
E rezo pra quando eu estiver morto e as eras passarem por mim
Meu corpo deverá enegrecer e se tornar carvão
Então eu olharei pela porta da minha casa celestial e compadecerei-me do mineiro a escavar meus ossos.
Onde é escuro como um calabouço...