João Mineiro e Marciano    

Tarde Demais pra Esquecer

Letras João Mineiro e Marciano / Tarde Demais pra Esquecer

Tarde Demais pra Esquecer

João Mineiro e Marciano

Quando se sentir só, e não for por dó, pode me chamar eu vou
Quando estiver sem sono, eu lhe telefono, amigo ainda sou
Quando o verão fugir e o frio insistir, em te machucar queimar
Não tema a solidão, em qualquer canção, você vai me encontrar
Quando na noite escura, estiver segura, que já me equeceu
Tente escutar o vento, ele traz bem lento, este canto meu
Tarde demais meu amor pra esquecer
Tarde demais pra viver sem você
Tarde demais meu amor pra esquecer
Tarde demais pra viver sem você
Eu nunca imaginei, que o amor que dei, fosse me faltar assim
Que eu ia terminar, a te procurar, e a procurar por mim
Quando na noite escura, estiver segura que já me esqueceu
Tente escutar o vento, ele traz bem lento, esse canto meu


João Mineiro e Marciano

Tarde Demais pra Esquecer

João Mineiro e Marciano

Tarde Demais pra Esquecer

Quando se sentir só, e não for por dó, pode me chamar eu vou
Quando estiver sem sono, eu lhe telefono, amigo ainda sou
Quando o verão fugir e o frio insistir, em te machucar queimar
Não tema a solidão, em qualquer canção, você vai me encontrar
Quando na noite escura, estiver segura, que já me equeceu
Tente escutar o vento, ele traz bem lento, este canto meu
Tarde demais meu amor pra esquecer
Tarde demais pra viver sem você
Tarde demais meu amor pra esquecer
Tarde demais pra viver sem você
Eu nunca imaginei, que o amor que dei, fosse me faltar assim
Que eu ia terminar, a te procurar, e a procurar por mim
Quando na noite escura, estiver segura que já me esqueceu
Tente escutar o vento, ele traz bem lento, esse canto meu