João Mineiro e Marciano    

De Mãos Dadas

De Mãos Dadas

João Mineiro e Marciano

De mãos dadas passos firmes que haveremos de chegar onde há de ser
È ardente o amor no peito para o bem o pensamento converter
Novos caminhos à um só rumo, a esperança é a arma principal,
O futuro ja de ser como queremos, há de surgir a conquista do ideal.

Irmão amigo aqui está meu ombro
Pode chegar pra dar o calor
Está formada a marcha da vitória
Está ligada a corrente do amor.

O coração com pureza há de sempre utilizar sinceridade
A confiança e o otimismo certamente só trarão felicidade
Somente um deus pra toda gente, só assim vencerá a união
O futuro há de ser como queremos e novamente inimigo como irmão


João Mineiro e Marciano

De Mãos Dadas

João Mineiro e Marciano

De Mãos Dadas

De mãos dadas passos firmes que haveremos de chegar onde há de ser
È ardente o amor no peito para o bem o pensamento converter
Novos caminhos à um só rumo, a esperança é a arma principal,
O futuro ja de ser como queremos, há de surgir a conquista do ideal.

Irmão amigo aqui está meu ombro
Pode chegar pra dar o calor
Está formada a marcha da vitória
Está ligada a corrente do amor.

O coração com pureza há de sempre utilizar sinceridade
A confiança e o otimismo certamente só trarão felicidade
Somente um deus pra toda gente, só assim vencerá a união
O futuro há de ser como queremos e novamente inimigo como irmão