João Mineiro e Marciano    

Contando Léguas

Letras João Mineiro e Marciano / Contando Léguas

Contando Léguas

João Mineiro e Marciano

Estradas andei
Por que um homem verdadeiro sabe caminhar
Mulheres deixei
Por que um homem de verdade sabe quando amar.
Bebidas traguei
Por que a madrugada é fria pra nos ensinar
Que a vida de rei
É dar calor aos que não tem
Amos aos quais não sabem amar

Eu vou ficar ao lado do meu pai
Contando léguas nesse caminhão
Por que aonde nossa estrada vai
É o lugar onde estaciona o sonho do meu coração.

Tristeza eu vi
Em cada rosto de um carona que perdeu o amor
Com ele sofri
Porque quem ama de verdade entende um sofredor.
Beleza eu vi
Na moça alegre que podia pra me acompanhar
Mas desisti
Ninguém na minha estrada
Tem mais nada pra me ensinar.


João Mineiro e Marciano

Contando Léguas

João Mineiro e Marciano

Contando Léguas

Estradas andei
Por que um homem verdadeiro sabe caminhar
Mulheres deixei
Por que um homem de verdade sabe quando amar.
Bebidas traguei
Por que a madrugada é fria pra nos ensinar
Que a vida de rei
É dar calor aos que não tem
Amos aos quais não sabem amar

Eu vou ficar ao lado do meu pai
Contando léguas nesse caminhão
Por que aonde nossa estrada vai
É o lugar onde estaciona o sonho do meu coração.

Tristeza eu vi
Em cada rosto de um carona que perdeu o amor
Com ele sofri
Porque quem ama de verdade entende um sofredor.
Beleza eu vi
Na moça alegre que podia pra me acompanhar
Mas desisti
Ninguém na minha estrada
Tem mais nada pra me ensinar.