João Mineiro e Marciano    

Chuvisco da Madrugada

Letras João Mineiro e Marciano / Chuvisco da Madrugada

Chuvisco da Madrugada

João Mineiro e Marciano

Chuvisco da madrugada
Garoa fina da solidão
Retalho de sentimentos
A mágoa de uma paixão
Gotinhas de amargura
Sentido caindo ao chão
Pedaço de uma saudade
Matando aos poucos meu coração.

Amada criança grande
Que me deixa neste abandono
Quem dorme sempre em seus braços
Há cinco noites morre de sono
Durante minhas andanças
Até quiseram tomar meu trono
Mas nós somos um do outro
Você me domina, eu sou seu dono.

Que importa o que o povo fala
Mas desconhece nosso carinho
Se quando a saudade aperta
Você me procura em meu cantinho
As horas deliciosas
Guardo comigo e sinto sozinho
Por você eu enfrento o mundo
Doce pedaço em meu caminho.


João Mineiro e Marciano

Chuvisco da Madrugada

João Mineiro e Marciano

Chuvisco da Madrugada

Chuvisco da madrugada
Garoa fina da solidão
Retalho de sentimentos
A mágoa de uma paixão
Gotinhas de amargura
Sentido caindo ao chão
Pedaço de uma saudade
Matando aos poucos meu coração.

Amada criança grande
Que me deixa neste abandono
Quem dorme sempre em seus braços
Há cinco noites morre de sono
Durante minhas andanças
Até quiseram tomar meu trono
Mas nós somos um do outro
Você me domina, eu sou seu dono.

Que importa o que o povo fala
Mas desconhece nosso carinho
Se quando a saudade aperta
Você me procura em meu cantinho
As horas deliciosas
Guardo comigo e sinto sozinho
Por você eu enfrento o mundo
Doce pedaço em meu caminho.