Joćo Mineiro e Marciano    

Aurora do Mundo

Aurora do Mundo

Joćo Mineiro e Marciano

Quem teve os amores que eu tive na vida
e gente entendida na magoa e na dor
quem sabe por certo de uns doces carinhos
as vezes espinhos em forma de flor
estando sofrendo aqui na cidade
a louca saudade de um certo amor
busquei o remedio pra mente saudosa
na vida gostosa do interior
cruzei o serrado chapadas e serra
pros lados da serra de minas gerais
vi campos floridos e belos cenarios
ouvi os canarios nos macaubais
fumaēa destantes no azul do horizonte
na encosta dos montes formando espirais
uo que amo na tranquilidade
mais minha saudade ainda era mais
passei uma noite no rancho amizade
e vi na saudade o comeēo do fim
a chuva caia naquele suburbio
e aquele mormurio sobre os capim
a noite avansada e eu nao dormia
embora sabia que amar era assim
por fim me entreguei me ao sono profundo
e a aurora do mundo caiu sobre mim
voltei pra cidade fiquei na agonia
ate que um dia meu bem enconteri
beijei a menina com todo carinho
aquele rostinho acariciei
cantando seguimos a linha da vida
estrada florida que eu lhe mostrei
por que ela sabe que agora e so minha
e minha rainha e eu so o seu rei


Joćo Mineiro e Marciano

Aurora do Mundo

Joćo Mineiro e Marciano

Aurora do Mundo

Quem teve os amores que eu tive na vida
e gente entendida na magoa e na dor
quem sabe por certo de uns doces carinhos
as vezes espinhos em forma de flor
estando sofrendo aqui na cidade
a louca saudade de um certo amor
busquei o remedio pra mente saudosa
na vida gostosa do interior
cruzei o serrado chapadas e serra
pros lados da serra de minas gerais
vi campos floridos e belos cenarios
ouvi os canarios nos macaubais
fumaēa destantes no azul do horizonte
na encosta dos montes formando espirais
uo que amo na tranquilidade
mais minha saudade ainda era mais
passei uma noite no rancho amizade
e vi na saudade o comeēo do fim
a chuva caia naquele suburbio
e aquele mormurio sobre os capim
a noite avansada e eu nao dormia
embora sabia que amar era assim
por fim me entreguei me ao sono profundo
e a aurora do mundo caiu sobre mim
voltei pra cidade fiquei na agonia
ate que um dia meu bem enconteri
beijei a menina com todo carinho
aquele rostinho acariciei
cantando seguimos a linha da vida
estrada florida que eu lhe mostrei
por que ela sabe que agora e so minha
e minha rainha e eu so o seu rei