João Mineiro e Marciano    

Amor Sincero

Amor Sincero

João Mineiro e Marciano

Amor sincero hoje eu vivo abandonado
Também por te haver deixado nesta triste solidão
Eu fui cruel, meu coração um desalmado
Mereço ser castigado , te deixei sem ter razão.

Amor sincero igual ao teu não existia
Mas eu te deixei um dia por uma outra qualquer
Pois a maldade veio com a falsidade
Fazendo a sua morada no peito dessa mulher.

Amor sincero és o que mais hoje eu procuro
Magoei teu amor puro que foi tudo para mim
Tal qual um cego tateando no escuro
Hoje caminho inseguro , meu Deus que será de mim?

Amor sincero teu perdão e foi negado
Estou sendo condenado
- fui errado, eu bem sei
Quem sabe um dia se por Deus for perdoado
Tu esquecerás o passado e esta graça alcançarei.


João Mineiro e Marciano

Amor Sincero

João Mineiro e Marciano

Amor Sincero

Amor sincero hoje eu vivo abandonado
Também por te haver deixado nesta triste solidão
Eu fui cruel, meu coração um desalmado
Mereço ser castigado , te deixei sem ter razão.

Amor sincero igual ao teu não existia
Mas eu te deixei um dia por uma outra qualquer
Pois a maldade veio com a falsidade
Fazendo a sua morada no peito dessa mulher.

Amor sincero és o que mais hoje eu procuro
Magoei teu amor puro que foi tudo para mim
Tal qual um cego tateando no escuro
Hoje caminho inseguro , meu Deus que será de mim?

Amor sincero teu perdão e foi negado
Estou sendo condenado
- fui errado, eu bem sei
Quem sabe um dia se por Deus for perdoado
Tu esquecerás o passado e esta graça alcançarei.