João Mineiro e Marciano    

A primeira vez

A primeira vez

João Mineiro e Marciano

Pensei que fosse sincera, tivesse contado sua condição
Namoramos por um bom tempo, você não disse também foi traição
Sempre foi muito serias comigo, pensei que fosse até inocente
E casei-me sentindo feliz, mas na primeira noite sofri duramente.

Com loucura abracei seu corpo e apaguei a luz ao deitar
Na primeira noite entre nós nosso sonho pensei realizar
Num momento de felicidade, descobri traição que me fez
Foi comigo que você casou, foi com outro a primeira fez.

Se você tivesse contado eu perdoaria seu caso anterior
Se você fosse sincera eu não lhe deixaria de lhe dar meu amor
Em dois anos de sincero namoro você teve tempo pra me dizer
Mas calou, permitiu o casamento seu grande pecado tentou esconder.

Com loucura abracei seu corpo e apaguei a luz ao deitar...


João Mineiro e Marciano

A primeira vez

João Mineiro e Marciano

A primeira vez

Pensei que fosse sincera, tivesse contado sua condição
Namoramos por um bom tempo, você não disse também foi traição
Sempre foi muito serias comigo, pensei que fosse até inocente
E casei-me sentindo feliz, mas na primeira noite sofri duramente.

Com loucura abracei seu corpo e apaguei a luz ao deitar
Na primeira noite entre nós nosso sonho pensei realizar
Num momento de felicidade, descobri traição que me fez
Foi comigo que você casou, foi com outro a primeira fez.

Se você tivesse contado eu perdoaria seu caso anterior
Se você fosse sincera eu não lhe deixaria de lhe dar meu amor
Em dois anos de sincero namoro você teve tempo pra me dizer
Mas calou, permitiu o casamento seu grande pecado tentou esconder.

Com loucura abracei seu corpo e apaguei a luz ao deitar...