João Mineiro e Marciano    

A Mulher do Palhaço

Letras João Mineiro e Marciano / A Mulher do Palhaço

A Mulher do Palhaço

João Mineiro e Marciano

O circo inteiro chorou quando o palhaço partiu
Sua esposa traída mas que a platéia sentiu
Hoje ele está em outros, braços outro palhaço chegou,
De novo ri a platéia, chora a mulher que ficou.

Pobre esposa a outra assiste
Lembra o marido e assim vive triste
Ri o palhaço onde estiver
Chora no circo sua mulher.

Cada comedia é um drama, cada sorriso é uma dor
Outro palhaço no palco, onde viveu seu amor
Nem sempre o riso alegra, quando o amor é um fracasso
Ninguém entende por que chora a mulher do palhaço.


João Mineiro e Marciano

A Mulher do Palhaço

João Mineiro e Marciano

A Mulher do Palhaço

O circo inteiro chorou quando o palhaço partiu
Sua esposa traída mas que a platéia sentiu
Hoje ele está em outros, braços outro palhaço chegou,
De novo ri a platéia, chora a mulher que ficou.

Pobre esposa a outra assiste
Lembra o marido e assim vive triste
Ri o palhaço onde estiver
Chora no circo sua mulher.

Cada comedia é um drama, cada sorriso é uma dor
Outro palhaço no palco, onde viveu seu amor
Nem sempre o riso alegra, quando o amor é um fracasso
Ninguém entende por que chora a mulher do palhaço.