João Bosco    

Vitral da 6ª Estação (Rocha, por aí)

Letras João Bosco / Vitral da 6ª Estação (Rocha, por aí)

Vitral da 6ª Estação (Rocha, por aí)

João Bosco

Ai, Verônica, enxuga
esse ai no avental:
lama púrpura e cal
graxa bile suor...
Essa borra em teu pano
é um rosto profano
na via cachorra
de um batalhador
numa de horror.


João Bosco

Vitral da 6ª Estação (Rocha, por aí)

João Bosco

Vitral da 6ª Estação (Rocha, por aí)

Ai, Verônica, enxuga
esse ai no avental:
lama púrpura e cal
graxa bile suor...
Essa borra em teu pano
é um rosto profano
na via cachorra
de um batalhador
numa de horror.