João Bosco    

Transversal do Tempo

Letras João Bosco / Transversal do Tempo

Transversal do Tempo

João Bosco

Intro: (Fm7 Eb/F Fm7 Eb/F Fm7 Eb/F D7/9+
E7/9+ F#7/9+ F7/9+ D7/9+) C#7/9+ C7/9+
Fm7 D7/9+ G5+/7
As coisas que eu sei de mim
Cm Cm7+ Cm7 Cm6
São pivetes da cidade
Bbm7 F5+/7
Pedem, insistem e eu
Bbm7 Bbm7+
Me sinto pouco à vontade
Db/Eb Eb7/9 Eb7/9-
Fechada dentro de um táxi
Ab7+ Gm7 Fm7
Numa transversal do tempo
G7/13 G5+/7 G7
Acho que o amor
C Dm7 D#º C/E
É a ausência de engarrafamento
Fm7 Abm7 B/C#
As coisas que eu sei de mim
Ebm7 F#m7 B7/13
Tentam vencer a distância
F7/13
E é como se aguardassem feridas
Bb7 Eb7/9
Numa ambulância
A7
As pobres coisas que eu sei
Ab7+ Fm7
Podem morrer, mas espero
G7
Como se houvesse um sinal
Bb/C


João Bosco

Transversal do Tempo

João Bosco

Transversal do Tempo

Intro: (Fm7 Eb/F Fm7 Eb/F Fm7 Eb/F D7/9+
E7/9+ F#7/9+ F7/9+ D7/9+) C#7/9+ C7/9+
Fm7 D7/9+ G5+/7
As coisas que eu sei de mim
Cm Cm7+ Cm7 Cm6
São pivetes da cidade
Bbm7 F5+/7
Pedem, insistem e eu
Bbm7 Bbm7+
Me sinto pouco à vontade
Db/Eb Eb7/9 Eb7/9-
Fechada dentro de um táxi
Ab7+ Gm7 Fm7
Numa transversal do tempo
G7/13 G5+/7 G7
Acho que o amor
C Dm7 D#º C/E
É a ausência de engarrafamento
Fm7 Abm7 B/C#
As coisas que eu sei de mim
Ebm7 F#m7 B7/13
Tentam vencer a distância
F7/13
E é como se aguardassem feridas
Bb7 Eb7/9
Numa ambulância
A7
As pobres coisas que eu sei
Ab7+ Fm7
Podem morrer, mas espero
G7
Como se houvesse um sinal
Bb/C