Joćo Bosco    

Tanajura

Letras Joćo Bosco / Tanajura

Tanajura

Joćo Bosco

Se bole seu balaio
Me bate na moleira
Me abala feito raio
Seu bumbo de primeira

Eu, bobo, babo e caio
Engasgo na gagueira
Eu, parvo, me atrapalho
E perco as estribeira

Eu taro a tanajura
Mas fico na poeira
A preta me esconjura
Sorrindo sorrateira

Eu, bobo, babo e caio
Engasgo na gagueira
Eu, parvo, me atrapalho
E perco as estribeira


Ah, se eu catasse vocź
Ah, se eu pegasse pra mim
Brincava de cį, bulia de lį
Casava, enlaēava
Quero ver fugir

Ih, zoava
Zoava feito tupiniquim
Zoava


Joćo Bosco

Tanajura

Joćo Bosco

Tanajura

Se bole seu balaio
Me bate na moleira
Me abala feito raio
Seu bumbo de primeira

Eu, bobo, babo e caio
Engasgo na gagueira
Eu, parvo, me atrapalho
E perco as estribeira

Eu taro a tanajura
Mas fico na poeira
A preta me esconjura
Sorrindo sorrateira

Eu, bobo, babo e caio
Engasgo na gagueira
Eu, parvo, me atrapalho
E perco as estribeira


Ah, se eu catasse vocź
Ah, se eu pegasse pra mim
Brincava de cį, bulia de lį
Casava, enlaēava
Quero ver fugir

Ih, zoava
Zoava feito tupiniquim
Zoava