João Bosco    

Rosas e versos

Letras João Bosco / Rosas e versos

Rosas e versos

João Bosco

A gente tem brigado tanto
Por que não parar de vez com essa bobagem
De viver com cenas de ciúme
Pois a cada dia, morre um pouco a paixão

A quem diga que amar de verdade
É não ser preciso nunca pedir perdão

Daqui pra frente é melhor
A gente tomar juízo e olhar ao redor
Abre um sorriso pra mim
Porque chorar separados é muito pior

Eu te proponho fazermos
O amor mais bonito
De todo universo
Com rosas e versos

Amor de sonho e desejos
Abraços e beijos
Igual fomos antes
Dois grandes amantes

Brigas pra que se é mais fácil dizer
Te amo! Te amo!


João Bosco

Rosas e versos

João Bosco

Rosas e versos

A gente tem brigado tanto
Por que não parar de vez com essa bobagem
De viver com cenas de ciúme
Pois a cada dia, morre um pouco a paixão

A quem diga que amar de verdade
É não ser preciso nunca pedir perdão

Daqui pra frente é melhor
A gente tomar juízo e olhar ao redor
Abre um sorriso pra mim
Porque chorar separados é muito pior

Eu te proponho fazermos
O amor mais bonito
De todo universo
Com rosas e versos

Amor de sonho e desejos
Abraços e beijos
Igual fomos antes
Dois grandes amantes

Brigas pra que se é mais fácil dizer
Te amo! Te amo!