João Bosco    

Patrulhado (Mara)

Letras João Bosco / Patrulhado (Mara)

Patrulhado (Mara)

João Bosco

Mara manhã
No meu tersol
A luz do sol
Mara o mar verão
Daí
O sutiã
Você raiban
Tanga de elanca
Âncora em mara
Ai, iansã, tara
De óleo suntan
Odara
Ô, na bandeja
Loura cerveja
Mareja mais
Que o aquidabã
Que a própria manhã
Que a luz do sol
Que a dor
No tersol


João Bosco

Patrulhado (Mara)

João Bosco

Patrulhado (Mara)

Mara manhã
No meu tersol
A luz do sol
Mara o mar verão
Daí
O sutiã
Você raiban
Tanga de elanca
Âncora em mara
Ai, iansã, tara
De óleo suntan
Odara
Ô, na bandeja
Loura cerveja
Mareja mais
Que o aquidabã
Que a própria manhã
Que a luz do sol
Que a dor
No tersol