João Bosco    

Mulher bandida

Letras João Bosco / Mulher bandida

Mulher bandida

João Bosco

O que será
Que está acontecendo?
Eu não consigo te entender
Talvez você
Esteja me aprontando
E eu aqui me acabando
De saudade de você...

Por que será
Que deu seu telefone?
Se eu ligo prá você
Você nem liga...

Se não atende
Então me desespero
Será que a mulher
Que eu quero
Não passa de uma bandida...

Não, não pode ser
Não posso acreditar
Que era tudo mentira
O que me diz o seu olhar...

Não, nao pode ser
Tô de cabeça tonta
Não faça do amor um jôgo
De faz de conta...

Por que será
Que deu seu telefone?
Se eu ligo prá você
Você nem liga...

Se não atende
Então me desespero
Será que a mulher
Que eu quero
Não passa de uma bandida...

Não, não pode ser
Não posso acreditar
Que era tudo mentira
O que me diz o seu olhar...

Não, nao pode ser
Tô de cabeça tonta
Não faça do amor um jôgo
De faz de conta...


João Bosco

Mulher bandida

João Bosco

Mulher bandida

O que será
Que está acontecendo?
Eu não consigo te entender
Talvez você
Esteja me aprontando
E eu aqui me acabando
De saudade de você...

Por que será
Que deu seu telefone?
Se eu ligo prá você
Você nem liga...

Se não atende
Então me desespero
Será que a mulher
Que eu quero
Não passa de uma bandida...

Não, não pode ser
Não posso acreditar
Que era tudo mentira
O que me diz o seu olhar...

Não, nao pode ser
Tô de cabeça tonta
Não faça do amor um jôgo
De faz de conta...

Por que será
Que deu seu telefone?
Se eu ligo prá você
Você nem liga...

Se não atende
Então me desespero
Será que a mulher
Que eu quero
Não passa de uma bandida...

Não, não pode ser
Não posso acreditar
Que era tudo mentira
O que me diz o seu olhar...

Não, nao pode ser
Tô de cabeça tonta
Não faça do amor um jôgo
De faz de conta...