João Bosco    

De Mamadeira

Letras João Bosco / De Mamadeira

De Mamadeira

João Bosco

Vou mamar de mamadeira
Clareia amor, clareia
Vou dar três toques na madeira
Clareia amor, clareia

Filosofia, bicicleta, gamão
Na vida há tanta coisa pra se aprender
Pra quase tudo basta prática e dom
Na vida só não se aprende a viver

Fiz muitos planos, calculei, projetei
Que pena, nada fica no lugar
Ô, digo o que não é, se é não sei dizer
Delírio por delírio o jeito é delirar

Vou te pedir em casamento amanhã
Você tem um minuto para não pensar
Se der na telha pego um trem pro Japão
Já que meu destino é gauche, azar

Não quero mais tentar curar o meu mal
Grilado na cidade tropical
Ô, besteira, vou sambar a vida inteira
Fazer minha terapia com batuque em fundo de quintal
Chega dessa coisa carpideira
Vou mamar de mamadeira
Vou babar meu avental


João Bosco

De Mamadeira

João Bosco

De Mamadeira

Vou mamar de mamadeira
Clareia amor, clareia
Vou dar três toques na madeira
Clareia amor, clareia

Filosofia, bicicleta, gamão
Na vida há tanta coisa pra se aprender
Pra quase tudo basta prática e dom
Na vida só não se aprende a viver

Fiz muitos planos, calculei, projetei
Que pena, nada fica no lugar
Ô, digo o que não é, se é não sei dizer
Delírio por delírio o jeito é delirar

Vou te pedir em casamento amanhã
Você tem um minuto para não pensar
Se der na telha pego um trem pro Japão
Já que meu destino é gauche, azar

Não quero mais tentar curar o meu mal
Grilado na cidade tropical
Ô, besteira, vou sambar a vida inteira
Fazer minha terapia com batuque em fundo de quintal
Chega dessa coisa carpideira
Vou mamar de mamadeira
Vou babar meu avental