João Bosco    

Cego Julião

Letras João Bosco / Cego Julião

Cego Julião

João Bosco

Lá nas Mercês
No portal da igreja
Ficava o cego Julião
De sol a sol
À sombra do mundo
Uma caneca e um violão
Rogava só por caridade
Dizia assim aos cristãos
Dizia: abençoado seja
Quem dá ao pobre cego um pão
Quem dá um canto, uma palavra
Pra eu tocar meu violão
Quem dá um canto, uma palavra
Pra eu tocar meu violão


João Bosco

Cego Julião

João Bosco

Cego Julião

Lá nas Mercês
No portal da igreja
Ficava o cego Julião
De sol a sol
À sombra do mundo
Uma caneca e um violão
Rogava só por caridade
Dizia assim aos cristãos
Dizia: abençoado seja
Quem dá ao pobre cego um pão
Quem dá um canto, uma palavra
Pra eu tocar meu violão
Quem dá um canto, uma palavra
Pra eu tocar meu violão