João Bosco    

Aura de Glória

Letras João Bosco / Aura de Glória

Aura de Glória

João Bosco

Certas mulheres não prestam,
Por isso as amamos
Sem fim.
Se o fogo arde
De nada adiantam
Lençóis de cetim.
Têm entre as coxas
Calor de asteróide
Queimando no céu.
E uma beleza que pede
Paleta e pincel.

O meu amor foi amor
De muitos que falam demais,
E eu acho graça porque é em mim
Que ela encontra paz.

Há uma aura de glória
Em quem já mentiu
Por um bem.
Sempre serão infiéis:
Não faz mal,
Eu também!


João Bosco

Aura de Glória

João Bosco

Aura de Glória

Certas mulheres não prestam,
Por isso as amamos
Sem fim.
Se o fogo arde
De nada adiantam
Lençóis de cetim.
Têm entre as coxas
Calor de asteróide
Queimando no céu.
E uma beleza que pede
Paleta e pincel.

O meu amor foi amor
De muitos que falam demais,
E eu acho graça porque é em mim
Que ela encontra paz.

Há uma aura de glória
Em quem já mentiu
Por um bem.
Sempre serão infiéis:
Não faz mal,
Eu também!