João Bosco    

Água, Mãe Água

Letras João Bosco / Água, Mãe Água

Água, Mãe Água

João Bosco

Dou de chorar
Chorar de rir
Rir de fazer
Água rolar
Só por prazer
Água musa da filosofia
Toda gota principia
Um sabor novo de sal
Noite do iguana excita o rio
Água unidade do cio
Tudo é um água total
Horizonte azul que a vista alcança
Vou na onda que balança
Nada é um nadar igual
Mãe de Quelé
Mãe de Pixinguinha
Rum Rumpi Lê
Dou uma palmadinha
No bumb-bum é
No bum-bum de uma
Que abre, que abre o bué
Mãe de uma menina
Mãe de uma Nazaré
Viva o movimento
Mãe da maré
Benza o sofrimento
Fonte da sé
Água na banheira
Ajuda, ajuda-me até
Traga-me um desejo novo
E vê se me põe de pé!


João Bosco

Água, Mãe Água

João Bosco

Água, Mãe Água

Dou de chorar
Chorar de rir
Rir de fazer
Água rolar
Só por prazer
Água musa da filosofia
Toda gota principia
Um sabor novo de sal
Noite do iguana excita o rio
Água unidade do cio
Tudo é um água total
Horizonte azul que a vista alcança
Vou na onda que balança
Nada é um nadar igual
Mãe de Quelé
Mãe de Pixinguinha
Rum Rumpi Lê
Dou uma palmadinha
No bumb-bum é
No bum-bum de uma
Que abre, que abre o bué
Mãe de uma menina
Mãe de uma Nazaré
Viva o movimento
Mãe da maré
Benza o sofrimento
Fonte da sé
Água na banheira
Ajuda, ajuda-me até
Traga-me um desejo novo
E vê se me põe de pé!