João Alexandre    

Vitória do Espírito Santo

Letras João Alexandre / Vitória do Espírito Santo

Vitória do Espírito Santo

João Alexandre

Um colibri lá na serra, cantando, veio me contar.

Do povo feliz dessa terra. Que um dia nasceu beira-mar.

Da igreja do alto da pedra. Da ponte que leva até la.

Do gosto do peixe em panela de barro. Que as velhas da vila sabem preparar.

E o colibri cantou tanto. Que eu me convenci com seu canto,

Foi obra do Espirito Santo esse lugar,

A felicidade tem um gosto de vitória,

Feliz a cidade que pode se chamar Vitória

É pura verdade quando alguem nasce em vitória

Já faz parte da memória...do Brasil

Da história do Brasil

Da gloria do Brasil. Vitória.


João Alexandre

Vitória do Espírito Santo

João Alexandre

Vitória do Espírito Santo

Um colibri lá na serra, cantando, veio me contar.

Do povo feliz dessa terra. Que um dia nasceu beira-mar.

Da igreja do alto da pedra. Da ponte que leva até la.

Do gosto do peixe em panela de barro. Que as velhas da vila sabem preparar.

E o colibri cantou tanto. Que eu me convenci com seu canto,

Foi obra do Espirito Santo esse lugar,

A felicidade tem um gosto de vitória,

Feliz a cidade que pode se chamar Vitória

É pura verdade quando alguem nasce em vitória

Já faz parte da memória...do Brasil

Da história do Brasil

Da gloria do Brasil. Vitória.