João Alexandre    

Gotejar

Gotejar

João Alexandre

Como gotejar de claras águas
Como burburinho das manhãs
Quando o sol esconde a Estrela d?alva
Dia após a noite neste afã

Assim renasce em mim
A seiva que supre e supera o mal
Orvalho sobre mim
Senhor tua presença é manhã de sol
É sombra que segue por onde eu for
Freqüência constante de um tom maior

Todo noite esconde um só mistério
O descanso é a forja da paixão
Quando o amor de Deus se leva a sério
O trabalho prova devoção


João Alexandre

Gotejar

João Alexandre

Gotejar

Como gotejar de claras águas
Como burburinho das manhãs
Quando o sol esconde a Estrela d?alva
Dia após a noite neste afã

Assim renasce em mim
A seiva que supre e supera o mal
Orvalho sobre mim
Senhor tua presença é manhã de sol
É sombra que segue por onde eu for
Freqüência constante de um tom maior

Todo noite esconde um só mistério
O descanso é a forja da paixão
Quando o amor de Deus se leva a sério
O trabalho prova devoção